Início / Destaques / Timbó – Ponte de Dona Clara tem concluída mais da metade de suas obras

Timbó – Ponte de Dona Clara tem concluída mais da metade de suas obras

Ela começou a ser construída pela Prefeitura de Timbó no final do mês de agosto e já tem, segundo a empreiteira responsável, 52% de suas obras concluídas.

Esperada há aproximadamente 30 anos, as obras da ponte sobre Rio Benedito, que vai ligar os Bairros Padre Matinho Stein e Dona Clara, seguem dentro do cronograma, de acordo com o engenheiro Rafael Alves de Oliveira, da Itaúba Incorporações e Construções Ltda, empresa responsável pela obra. “Estamos neste momento com 52% dos serviços concluídos”, afirmou.

Com 85 metros de comprimento, 15 metros de Largura, um total de 1.275 metros quadrados de área construída e com um investimento de R$ 5,3 milhões, a Ponte de Dona Clara integra o conjunto de obras do Anel Viário do Araponguinhas, que terá uma função importante na região do Médio Vale, em especial para Timbó. Este anel viário irá possibilitar o desvio do trânsito do Centro de Timbó, que desce do Planalto Norte Catarinense, em direção aos portos e à região Sul do estado, via rodovia BR 470.

O prefeito Jorge Kruger destacou que o Anel Viário do Araponguinhas, em todo seu conjunto, com o asfaltamento de mais de quatro quilômetros da Rua Araponguinhas, a Ponte de Dona Clara e as quatro rotatórias que serão construídas nas principais vias de acesso à ponte, “é a maior obra viária da história de Timbó”.

Infraestrutura

Ainda de acordo com o engenheiro Oliveira, os serviços de infraestrutura que contemplam as fundações, blocos e vigas, estão com 84% dos serviços concluídos. Os serviços da mesoestrutura, que contemplam os pilares e travessas, estão com 39% dos serviços concluídos. E a superestrutura da ponte, com as vigas, transversais e lajes, estão com cerca de 35% dos serviços concluídos. “Temos todas as 10 vigas de 21,20m concretadas, mais duas vigas de 40,49m também concretadas, do total de cinco, e estamos fabricando as pré-lajes”, explicou.

A expectativa da empreiteira é que nos próximos 30 dias sejam concluídas as fundações dentro do rio. Ainda segundo o engenheiro, num prazo de até 45 dias, todas as vigas e as concretagens restantes deverão também estar prontas. “Como as vigas estão sendo fabricadas na cabeceira da ponte, pelo lado de Rodeio, as mesmas terão que ser lançadas sobre as travessas e este serviço está agendado para a segunda quinzena de fevereiro do ano que vem”, frisou.

A empreiteira iniciou a construção da Ponte de Dona Clara no canteiro de obras no mês de agosto deste ano, com a promessa de entrega-la no prazo de um ano. O secretário de Planejamento, Fabiano Martins Adriano, que junto com o prefeito Jorge Kruger acompanha de perto o andamento dos trabalhos, acredita que o prazo será cumprido. “Se não tivermos nenhum problema com o mau tempo, a empreiteira deve entregar a obra no prazo estabelecido”.

O Prefeito Jorge Kruger destacou ainda que os projetos para a construção das quatro rotatórias já foram entregues para a Caixa Econômica Federal. “Estamos apenas aguardando a confirmação da CEF para iniciarmos essas obras”.  Das quatro rotatórias, duas serão construídas nas cabeceiras da ponte, outra na confluência da Rua Araponguinhas com a rodovia SC – 110, sentido a Rodeio e outra na saída da Rua Araponguinhas, sentido rodovia SC 477, onde tem o semáforo.

 

Assessor: Sócrates Prado

Fotos: Sócrates Prado

Sobre timbonet


ir ao topo