banner
Saúde

15 de outubro é Dia Mundial de Lavar as Mãos

Infectologista fala sobre a importância da higienização das mãos.

15 de outubro é Dia Mundial de Lavar as Mãos 1

Foto: Freepik

Existe no mundo uma data específica para conscientizar sobre algo que deveria fazer parte da rotina de todos em vários momentos do dia. É o dia 15 de outubro, o Dia Mundial de Lavar as Mãos. O infectologista e médico cooperado à Unimed Blumenau, José Amaral Elias, explica a importância da data. “Por mais lógico que possa parecer, a adesão total à higienização das mãos ainda é pequena e sempre aumenta quando há campanhas divulgando e estimulando essa prática. Daí a importância de ter uma data própria para isso”, destaca.

O especialista lembra que desde cedo aprende-se sobre importância de se ter as mãos limpas, afinal é a parte do corpo que mais tem contato com superfícies e sujidades e o momento mais crítico disso é quando vamos ao banheiro. Nas mãos podemos carregar vírus, bactérias, fungos e protozoários, que provocam inúmeras doenças.

As mais comuns, conforme explica Elias, são as gripes e resfriados. Bactérias são outros agentes também de muita transmissão podendo causar surtos de diarreia e infecção intestinal, principalmente no preparo de alimentos.

Para quem trabalha na área da saúde, o ato de lavar as mãos é ainda mais importante. “Nos ambientes de atendimento a doentes, a chance de presença de bactérias com resistência aos antibióticos é muito maior e o profissional de saúde pode levar essas bactérias a outro paciente vulnerável. Um caso simples sem infecção pode se tornar grave e irreversível ou até evoluir para um surto dentro do hospital”, alerta Elias.

Como higienizar as mãos no dia a dia

O infectologista explica que a higienização das mãos envolve a lavagem das mãos com água e sabão e o uso de produtos alcoólicos, como o álcool gel. “Quando houver sujeira visível sempre é necessário a lavagem com água e sabão, fora isso o uso do álcool gel é ferramenta excelente devido à facilidade e rapidez no uso”, comenta Elias.

O médico lembra que é necessário higienizar as mãos:

• Antes e após o preparo de alimentos;
• Antes de comer;
• Antes e após tratar qualquer machucado, principalmente em crianças;
• Antes e depois de entrar em contato com pessoas doentes;
• Sempre depois de usar o banheiro.

Quando os profissionais da saúde devem higienizar as mãos

• Antes e após o contato com o paciente;
• Antes de realizar procedimentos limpos assépticos;
• Após contato com secreções e fluídos corporais;
• Após contato com áreas próximas ao paciente.

Ações especiais

Na Unimed Blumenau, são realizadas ações internas rotineiras com treinamentos periódicos, palestras e campanhas para higienização das mãos. Os dados relativos à adesão dos profissionais à prática são acompanhados por indicadores, inclusive, pela diretoria da cooperativa. “Essas informações nos ajudam a manter a qualidade e segurança de profissionais e pacientes, além de nos direcionar para reforçar treinamentos em equipes que, porventura, apresentem queda na adesão”, destaca Elias. A média de adesão da Unimed Blumenau fica em torno de 70%, enquanto, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) a média no mundo gira em torno de 40%.


NATHÁLIA HEIDORN
Presse Comunicação

Topo
Open chat
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by