banner
Santa Catarina

Agência dos EUA visita Udesc para ampliar parcerias em gestão de riscos e desastres

Agência dos EUA visita Udesc para ampliar parcerias em gestão de riscos e desastres 1Consultores da Agência de Assistência a Desastres dos Estados Unidos para América Latina e Caribe (Usaid/Ofda) participaram de uma série de visitas e atividades na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e organizações parceiras, em Florianópolis e Ibirama, na semana passada.

A programação foi articulada pelo Grupo Coordenado de Estudos, Pesquisa e Desenvolvimento em Gestão de Riscos para Emergência e Desastres da Udesc (Gceped).

No dia 15, três representantes da entidade dos EUA foram recebidos na Reitoria da Udesc. Além de reiterar parcerias em andamento entre as instituições, o encontro abordou a ampliação das ações, com intercâmbios internacionais e o desenvolvimento de novos projetos em redução de riscos e desastres para universidades e comunidades.

Participaram desse encontro os consultores Carlos Córdova (representante do Peru) e Vicente Aderbal Lapolli e Simone de Jesus (do Brasil) – Lapolli é o atual coordenador da Ofda no País e técnico universitário aposentado da Udesc.

A equipe foi recepcionada pelo vice-reitor da Udesc, Leandro Zvirtes, e professores integrantes do Gceped: Marino Luiz Eyerkaufer, coordenador do grupo e docente do Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi); Alfredo Balduíno Santos, coordenador de Extensão da universidade; e Felipe Eugênio Gontijo, docente do Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag).

Visitas em Ibirama

No dia 16, a programação incluiu rodas de conversas, com a participação do consultor Carlos Córdova e integrantes do Gceped, na Udesc Ibirama e em organizações parceiras da universidade em ações relacionadas à redução de riscos e desastres no município.

Foram visitados o Corpo de Bombeiros Voluntários de Ibirama, que realiza trabalhos junto às escolas municipais, como o Projeto Bombeiro na Escola; e a Escola Caminho da Estação, onde o grupo foi recebido por organizadores do Programa Minha Escola é Segura, dentre eles a coordenação de Proteção e Defesa Civil de Ibirama e professores da rede municipal.

A atividades foram encerradas na Udesc Ibirama, onde foram apresentadas ações de ensino, pesquisa e extensão voltadas à redução de riscos e de desastres desenvolvidas pela universidade.

Pioneirismo

O consultor Carlos Córdova afirmou que a Udesc “realiza um trabalho pujante e deve liderar o processo de redução de riscos e desastres para universidades no Brasil”. Ele também anunciou a realização de um seminário estadual sobre o tema, para universidades catarinenses, no ano que vem.

O chefe do Departamento de Ciências Contábeis da Udesc Ibirama, Diego Rafael Stüpp, destacou ser de “suma importância” a previsão, na matriz curricular dos cursos, de disciplinas que permitam levar aos acadêmicos conhecimentos de gestão e redução de riscos.

“Desastres geram dor e sofrimento, perdas patrimoniais e abalos econômicos, por isso devem ser tratados na formação dos futuros profissionais”, afirmou.

Segundo o professor Eyerkaufer, o objetivo das visitas dos representantes da Usaid/Ofda foi de “estimular a conscientização e o desenvolvimento de um senso de percepção de riscos e desastres na comunidade acadêmica”. Ele ressaltou que a organização representa uma porta de entrada para a internacionalização das ações da universidade na área.

Convênio desde 2012

A Udesc e a Usaid/Ofda mantêm convênio técnico-científico desde 2012 para o desenvolvimento de ações de capacitação de pessoal, que visem a formação comunitária universitária sobre gestão de riscos e redução de desastres em SC. O acordo foi assinado durante o Fórum Latino-Americano de Redução de Riscos de Desastres na Educação Superior, na Cidade do Panamá.

O convênio resultou em diversas ações, como a realização de um seminário sobre o tema, no Centro de Ciências Humanas e da Educação (Faed), em 2015, e a participação de representantes da Udesc em um intercâmbio promovido pela Usaid/Ofda nos EUA, em 2016, com membros de instituições de educação superior do Brasil, Paraguai e Uruguai.

A parceria também contribuiu para a elaboração de um plano de gerenciamento dos riscos de desastres para o município de Ibirama, em 2016, que teve, como modelo, a tese de doutorado do professor Eyerkaufer.

Sobre o Gceped

Criado em abril de 2009 e vinculado à Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Comunidade (Proex), o Gceped executa a política de gestão de riscos para emergências e desastres da universidade.

Suas finalidades são: promover o processo de formação integral dos estudantes e a segurança interna da comunidade universitária; e estimular as ações comunitárias que visam o fortalecimento da resiliência, buscando o desenvolvimento sustentável relacionado com a prevenção de desastres.

Entre as iniciativas apoiadas pelo grupo, estiveram as criações de um curso de especialização promovido pelo Departamento de Geografia da Udesc Faed e da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa).


Assessoria de Comunicação da Udesc

Topo
Open chat
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by