banner
Prefeitura Municipal de Timbó

Agricultores familiares de Timbó conhecem o abate de aves em contêiner

Agricultores familiares de Timbó conhecem o abate de aves em contêiner 1Na semana passada oito famílias de agricultores de Timbó, acompanhados com Técnicos da Epagri, da Prefeitura e da iniciativa privada realizaram uma visita técnica ao Município de Camboriú. Eles foram conhecer um frigorífico que faz o abate de aves produzidas pela Agricultura Familiar num contêiner reutilizado.

O objetivo foi conhecer este modelo bem-sucedido de agroindústria familiar. O frigorífico de Camboriú, que fica situado na Vila Conceição, realiza criação e abate de cerca de 800 aves por mês. Os produtos são comercializados na Feira do Produtor Rural, assim como na própria sede do frigorífico.

O proprietário da frigorífico, o agricultor Clênio da Silva, já deu entrada no Serviço de Inspeção Municipal (SIM) e com a certificação poderá vender os produtos para os 11 municípios da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí-Açu (Amfri).

Os agricultores de Timbó observaram que é possível ter um empreendimento atendendo a legislação vigente, com uma estrutura montada em contêiner reutilizado, garantindo fluxo, higiene e segurança na qualidade do produto colocado à disposição do consumidor.

Vale destacar que é um produto diferenciado daquele encontrado normalmente no mercado, pois o agricultor é que produz a matéria prima (frango), fornecendo alimentação e ambiente adequado para o desenvolvimento de aves caipiras (maior tempo de permanência das aves na propriedade – aproximadamente 120 dias).

O Técnico da Epagri de Camboriú, Oderlei  Anchau, e  a supervisora da Secretaria de Agricultura, Samara Stella Soares conduziram o grupo até o local e deram todas as informações de como ocorreu o processo desde a instalação até o momento atual de produção e comercialização. “O produtor sempre é orientado a seguir a legislação”, lembrou o técnico agropecuário do departamento Agrícola da Prefeitura de Timbó, Odair Tamanini.

Tamanini ressaltou ainda sobre a importância dos agricultores de Timbó iniciarem uma atividade ou um empreendimento de forma correta. “Essa aproximação com a equipe técnica e com o ambiente de produção é muito importante, porque traz informações corretas ao nosso agricultor familiar, para que ele possa mais tarde viabilizar todo o processo de produção e transformação, e não entrar ou permanecer na ilegalidade, correndo o risco de sofrer as penalidades da lei”.

Assessor: Sócrates Prado
Foto: Divulgação

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by