banner
Política

Aldo Schneider viaja a Brasília para reunião com Temer

Brasília - DF, 14/07/2016. Presidente em Exercício Michel Temer recebe o Presidentes das Assembleias Legislativas Estaduais e Distrital. Foto: Marcos Corrêa/PR

Brasília – DF, 14/07/2016. Presidente em Exercício Michel Temer recebe o Presidentes das Assembleias Legislativas Estaduais e Distrital. Foto: Marcos Corrêa/PR

Presidentes das Assembleias Legislativas de todo o país se encontraram nesta quinta-feira (14) com Michel Temer, na capital federal. O deputado Aldo Schneider (PMDB), que preside interinamente a Alesc, participou do encontro no Palácio do Planalto. Na pauta, a PEC 47, que dá autonomia para os estados legislarem sobre questões que atualmente são privativas da União, como assistência social, política agrícola, trânsito, licitação e contratação, transporte e normas ambientais. A proposta tramita desde 2012 no Senado e foi apresentada com apoio de 15 Colegiados Estaduais, dentre eles o catarinense.

     Ao declarar apoio à PEC, Temer citou a descentralização implementada por Luiz Henrique da Silveira, quando foi governador. “A proposta vai dar robustez à atuação do Poder Legislativo nos estados, sem prejuízo de autoridade para a União, porque possibilita que as unidades federativas suplementem as regras gerais, o que fortalece o país”, defendeu o presidente interino. Aldo falou em nome dos três estados do Sul e disse não ser possível equiparar, por exemplo, o bioma de Santa Catarina com o do Pará – “Realidades distintas merecem tratamentos distintos”, resumiu.

     O presidente em exercício da Assembleia Legislativa catarinense foi ciceroneado em Brasília pelo deputado federal Rogério Peninha Mendonça (PMDB). Os dois formam dobradinha política em mais de 80 municípios. “Aldo é um dos políticos de maior destaque no cenário estadual hoje. É com satisfação que o tenho, não só como companheiro de trabalho, mas como verdadeiro amigo”, declarou Peninha. A PEC 47 está pronta para ser pautada no plenário do Senado, de onde seguirá para apreciação da Câmara e posterior sanção presidencial. “Ontem ainda conversei com o líder do meu partido. Assim que os senadores aprovarem a matéria, trataremos de complementar os trabalhos com urgência na tramitação”, garantiu o deputado federal.


Rafael Pezenti
Assessor de Imprensa
Dep. Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC)

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by