Centro universitário capacita, gratuitamente, professores para a nova realidade das aulas a distância

Centro universitário capacita, gratuitamente, professores para a nova realidade das aulas a distância

19 de outubro de 2020 Off Por Redação

 

 

Na última semana, o Centro Universitário Internacional Uninter, polo de Brusque (SC), capacitou, gratuitamente, mais de 200 professores da região para a nova realidade do ensino, em que crianças, adolescentes e adultos recebem aulas direto de suas casas e os docentes se desdobram, também de seus lares, para passar a matéria e atrair a atenção dos alunos.

Foi pensando nesse momento de pandemia e em como manter a atratividade das aulas, mesmo à distância, que desenvolveram o curso “Criando Aulas Online no Power Point”. O objetivo foi o de ajudar professores da rede pública, de escolas municipais e estaduais, a apresentar suas aulas de maneira mais didática e prática com a utilização da ferramenta Power Point.

“Identificamos uma carência de informações e de qualificação quando o assunto é ensino a distância e aulas online. Para a Uninter, isso já está no sangue, é algo que praticamos há 25 anos, precisávamos compartilhar as nossas experiências, até mesmo para tentar garantir uma qualidade maior no ensino durante esse ano atípico”, explica Alencar Swidzikiewicz, gestor do polo.

Luciana Alves, uma das participantes, afirma: “foi muito importante esse aprendizado, pois a tecnologia está cada vez mais presente em nossas vidas”.

O curso foi ministrado pela professora Fernanda Schulenburg e contou com a parceria da Secretaria da Educação do Município de Brusque (SEME).

“Em tempos de pandemia, precisei me reinventar e buscar novos caminhos para que o processo ensino-aprendizagem continuasse acontecendo de forma contínua. Tive excelentes resultados e por isso, resolvi expor meus conhecimentos e minhas práticas com os demais professores da região, que me ouviram e trocaram suas experiências comigo de uma forma descontraída e com uma proximidade muito bacana mesmo que de forma on-line”, relata Fernanda.


Lorena Oliva