Coronavírus em SC: Curso virtual prepara 500 profissionais de saúde da Atenção Primária para enfrentamento da Covid-19

Coronavírus em SC: Curso virtual prepara 500 profissionais de saúde da Atenção Primária para enfrentamento da Covid-19

5 de novembro de 2020 Off Por Redação

 

 

Um curso virtual qualificou cerca de 500 profissionais, nesta quinta-feira, 5, que servirão como multiplicadores no enfretamento à Covid-19. Ele foi promovido pela Diretoria de Atenção Primária à Saúde da Secretaria da Saúde (SES), em parceira com o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina (Cosems/SC), Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

A Superintendente de Planejamento em Saúde da SES, Carmem Regina Delziovo, destaca que o diagnóstico precoce é fundamental no sentido de evitar o crescimento das infecções por covid-19 em nosso Estado. “Estamos numa fase em que o diagnóstico precoce e a procura aos serviços de saúde são fundamentais para diminuir a transmissibilidade do vírus. Nesse sentido, mantemos essa parceria constante com todas as regiões, por meio da atenção primária dos municípios”, disse.

Partindo dessa linha de enfrentamento, o objetivo do curso é de apoiar os gestores municipais e os profissionais da Atenção Primária à Saúde e Vigilância em Saúde para reorganizar o processo de trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Controle de Endemias (ACE) em seu território. A estratégia é oferecer subsídios técnicos para que esses profissionais estejam preparados para o enfrentamento da Covid-19.

O público-alvo reúne os coordenadores municipais de APS, enfermeiros, ACS, ACE, coordenadores regionais de APS e vigilância epidemiológica e apoiadores descentralizados do Cosems.

“Um dos conteúdos é sobre o uso correto do oxímetro. Como o Estado disponibilizou, via parceria com a FIESC, oxímetros para todo o Estado, nós estamos estimulando os nossos profissionais para o uso deste aparelho. Dessa forma, a atenção primária não sofrerá agravamento em decorrência da Covid-19”, destacou a diretora de Atenção Primária, Jane Laner Cardoso.  “Esses serão multiplicadores nos seus municípios para construir um plano de ação. Isso também envolveu um guia de bolso para o nosso profissional de saúde, conclui.

 


Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde – SES