banner
Mundo

Dia Internacional do Chocolate: como escolher uma opção de qualidade

No último domingo (7) foi celebrada uma das iguarias mais consumidas no mundo. Para marcar a data, chocolatier explica o que observar antes de adquirir um produto

Dia Internacional do Chocolate: como escolher uma opção de qualidade 1

Crédito: Divulgação

Ao leite, meio amargo, com adição de nuts e outros ingredientes. São inúmeros os chocolates disponíveis no mercado que, muitas vezes, fica difícil escolher. Mas uma coisa é fato: não tem quem resista a esta iguaria. Consumido em todo o mundo nas mais diversas formas, o item tem até uma data de celebração: no último domingo (7), foi comemorado o Dia Internacional do Chocolate.

Para marcar a data, uma especialista no assunto dá dicas de como escolher uma opção de qualidade. “O segredo está no rótulo. É preciso entender alguns pontos importantes e conhecer os itens que fazem parte da composição para saber se está comprando um bom produto”, explica Maitê Lang, chocolatier e diretora de operações da Nugali, marca catarinense de chocolates especiais. Ela listou cinco dicas:

1 – Observe os ingredientes: “cacau, açúcar, manteiga de cacau e baunilha natural são os principais componentes do chocolate de qualidade”, afirma a chocolatier. Ela ainda comenta que o tipo ao leite leva adição da versão em pó integral. “Desconfie de termos técnicos e nomes estranhos. Podem ser conservantes, aromatizantes e outros ingredientes que não fazem bem à saúde. Na dúvida, pesquise”, complementa.

2 – A ordem é importante: ao ler um rótulo, fique atento a distribuição dos elementos. “A lista é sempre do ingrediente que tem em maior quantidade para o menor. Ou seja, se o cacau não estiver entre os primeiros, muito provavelmente o chocolate não será de boa qualidade”, afirma Maitê.

3 – Fique de olho nos ingredientes artificiais: uma lista muito longa e com nomes esquisitos tende a indicar um produto feito matérias-primas ruins. Gorduras hidrogenadas, aromatizantes, corantes e conservantes artificiais também são itens que não trazem benefícios para a saúde. No caso de dúvida, pesquise o item antes de adquirir o produto.

4 – Saiba a procedência: “procure saber onde o chocolate é feito e conhecer um pouco mais sobre a empresa. Marcas com foco na produção de um grande volume costumam ser chamativas na questão do preço pois adaptam suas receitas com opções mais baratas de ingredientes, como gordura hidrogenada, por exemplo. Isso não só prejudica no sabor do item, como faz mal à saúde”, afirma.

5 – Mais cacau, menos açúcar: segundo Maitê, para aproveitar os benefícios que a iguaria traz para o corpo – comprovadas cientificamente – é preciso se atentar a quantidade de cacau. “Quanto maior o teor do fruto, mais saudável é o chocolate. Ainda assim, consuma com moderação”, encerra.

Sobre a Nugali
Pioneira na fabricação bean to bar no Brasil, a Nugali é uma marca de chocolates que acompanha desde o processo de produção do cacau até a embalagem. Sempre com foco na qualidade do produto, a empresa comemora 15 anos em 2019. A fábrica fica em Pomerode (SC).

São 14 variações de tabletes, que variam do tradicional ao leite até 80% cacau, incluindo variedades com crocantes de açaí e cupuaçu e itens que valorizam o fruto de regiões específicas do país, como a Serra do Conduru, na Bahia. Todos produzidos com um blend exclusivo de cacaus, além da manteiga da fruta no seu estado mais puro.

A linha conta ainda com bombons, dragées (amêndoas, macadâmias, cacau e café cobertos com chocolates da Nugali), bebidas quentes e formatos diferenciados, como Katzenzungen e joaninhas de chocolate ao leite.


Carol Sperb

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by