banner
Brasil

Drogas sintéticas: curtir este ‘barato’ pode custar caro

“As drogas sintéticas são fabricadas em laboratório e o seu consumo tem sido classificado pela ONU, nos últimos anos, como alarmantes e sem precedentes”

drogas-sinteticas1Por Por Daniel Machado / destrave.cancaonova.com

Diferente das substâncias naturais, as drogas sintéticas são quimicamente produzidas pelo ser humano em laboratórios e consideradas estimulantes poderosos, depressores ou perturbadores do Sistema Nervoso Central (SNC). São entorpecentes altamente viciantes, além de causar outros danos irreparáveis como psicose, transtorno de ansiedade generalizada, alheamento afetivo e esquizofrenia, ou seja, é um “barato” que pode custar muito caro.

Um recente relatório intitulado “2014 Global Synthetic Drugs Assessment” (Avaliação Global de Drogas Sintéticas – 2014), publicado pelo Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crimes (UNODOC), revelou que a produção e o consumo de drogas sintéticas tem alcançado números alarmantes, superando os da heroína e cocaína em muitos lugares do mundo.

Novas Substâncias Psicoativas (NPS)

Segundo o relatório global, foram registradas 348 Novas Substâncias Psicoativas (NPS), de 2008 a 2013, “mas o número real de NPS disponível no mundo pode ser significativamente superior, dado que esses números refletem apenas relatos de fontes oficiais e não leva em conta fontes não oficiais”, diz o relatório.

Atualmente, apenas 234 substâncias sintéticas psicoativas estão catalogadas pela Convenção de Narcóticos e Drogas de 1971, “no entanto, a variedade de novas substâncias disponíveis no mercado de drogas ilícitas é maior do que nunca”, diz o relatório.

Anfetaminas e derivados

14932965A maioria das drogas produzidas em laboratório tem em sua composição a anfetamina, uma droga que estimula demais os neurotransmissores, provocando uma descarga de adrenalina muito grande no corpo, aumentando a pressão sanguínea e a aceleração dos batimentos cardíacos. Esses efeitos colaterais deixam o usuário hiperativo, “ligado” e “elétrico” por longas horas, além de inibir o sono e o apetite. Por isso, muitas drogas derivadas dessas substância como o ecstasy e o LSD são consideradas drogas da balada, consumidas principalmente em boates eraves.

A anfetamina e seus derivados como dextroanfetamina e metanfetaminas são altamente viciantes e o uso dessas substâncias pode causar psicose e transtornos mentais.

No Brasil, a anfetamina é proibida pela Anvisa, mas ainda é muito usada ilegalmente para dietas de emagrecimento ou em forma de derivações como ecstasy e LSD nas baladas. Nos Estados Unidos, é conhecida também como icechalkspeedmethglasscrystal. No país, as drogas sintéticas são caras em comparação com a maconha, a cocaína ou o crack. 1 (um) comprimido de ecstasy, por exemplo, pode ser comprado por 30 ou 40 reais, por isso é considerada droga de elite.

Canabinoides sintéticos

Outra droga sintética que aparece no relatório das Nações Unidas como o mais novo avanço das designer drugs são os canabinoides sintéticos, conhecidos como Spice ou K2. São substâncias modificadas a partir de plantas e ervas com princípio ativo semelhantes ao da maconha (THC).

Essas substâncias são difíceis de serem combatidas e colocadas no rol das drogas ilegais, porque muitas delas são comercializadas como sais de banho, aromáticos e herbais. Apesar de trazerem escritas em seus rótulos “proibido para consumo humano”, elas são facilmente comercializadas pela internet e seus efeitos alucinógenos são semelhantes à drogas ilegais como maconha ou haxixe.

Os efeitos dos canabinoides sintéticos são semelhantes aos da maconha, como pensamento e fala desorganizados, delírios, alucinações e outras alterações na percepção, além de danos psicóticos permanentes como esquizofrenia, déficits cognitivos e problemas crônicos de memória.

info-drogas-sinteticas1

 Confira, no vídeo abaixo, a segunda parte do programa sobre as drogas sintéticas e o crack

=======================================================================


Fonte: destrave.cancaonova.com

Topo