banner
Indaial

Em Indaial Vereador quer diminuir subsídios em função da Crise

Vereador Hamilton CunhaO Vereador Hamilton Cunha durante a reunião da Câmara de Indaial na última quinta-feira (24) lamentou sobre a crise econômica do País, destacando o Executivo pelas medidas preventivas, reduzindo em 12% os subsídios do Prefeito, do Vice-Prefeito e dos secretários municipais, abonos e gratificações de funcionários além dos vencimentos dos cargos comissionados.

Hamilton Cunha sugeriu que os vereadores também reduzam seus subsídios na mesma proporção que adotado pelo Executivo. Devido ao momento econômico que o país passa, precisa-se com urgência diminuir os gastos, mas sem prejudicar o trabalho dos serviços essenciais. “Mesmo sendo poderes independentes, o Legislativo nesse momento também tem que dar a sua contribuição” afirmou o Vereador.

Na cidade vizinha de Pomerode também foi assinado um decreto que estabelece a redução em 10% dos salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e servidores comissionado. O poder executivo anunciou também que adotou outras medidas de caráter emergencial, como corte de horas extras, concessão de novos incentivos e a suspensão de cursos e diárias.

Segundo a Federação Catarinense dos Municípios (Fecam), o problema atinge a todos: enquanto cidades pequenas sofrem principalmente com a queda nos repasses federais, como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), os maiores enfrentam uma redução no recolhimento de impostos decorrentes da indústria e do comércio em queda acentuada.

O Brasil vive uma das piores crises da sua história, são 32 milhões de pessoas afetadas pelo desemprego (incluindo os dependentes). É o maior número de todos os tempos. No passado tivemos índices maiores, mas a população era menor, afetando menos pessoas.

 


Vereador Hamilton Cunha
Assessor Marinho
Câmara de Vereadores

Topo
Open chat
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by