Em seu melhor jogo na Superliga até aqui, APAN/Eleva/Blumenau supera o América

Em seu melhor jogo na Superliga até aqui, APAN/Eleva/Blumenau supera o América

6 de dezembro de 2020 Off Por Redação

 

 

O confronto com duração de 1h46 ocorreu em Montes Claros (MG)

BLUMENAU – A APAN/Eleva/Blumenau foi até Montes Claros (MG), onde fez seu melhor jogo até aqui e venceu o América por 3 sets a 0, com parciais de 33/31, repetindo 33/31 no segundo set e 25/16. Foram três pontos importantes e a subida na tabela para nona colocação da Superliga Banco do Brasil 2020-21, num momento de retomada, em decorrência da pandemia de coronavírus. Primeiro com atletas positivados, forçando o adiamento de jogos. Depois, a inserção do Vale do Itajaí e de Blumenau no nível gravíssimo de risco (Vermelho), na análise do Governo do Estado. Com isso, o time se viu obrigado a fazer quase todos os seus confrontos fora de casa neste do primeiro turno.

No jogo, o grupo mostrou entrega, superação e união para ter o seu melhor desempenho na competição até aqui. Destaque para o bloqueio. Foram 14 pontos nesse fundamento – 10 somente no primeiro set. Individualmente, o ponteiro Gabriel marcou 17 pontos, sendo três block, levando o Troféu Viva Vôlei para casa. O maior bloqueador foi o central Ialisson, com quadro êxitos. Depois vieram: Fábio (3), Franco (2), Deivid e Evandro (1).

O jogo

No primeiro set, a APAN/Eleva/Blumenau começou na frente, mas permitiu a virada dos mineiros. Na parte final se recuperou e após uma longa disputa fechou em 33/31, em quase 35 minutos de jogo. Na análise de Donegá o bloqueio funcionou, mas novamente o time enfrentou dificuldades na recepção e na virada de bola. Foram 10 pontos de bloqueio que fizeram a diferença em favor da APAN.

A segunda parcial foi quase um repeteco do primeiro, com os dois times se alternando à frente do placar, fechando novamente em 33/31. O sistema de ataque melhorou bastante, com quase 70% de virada de bola, segundo o treinador. Mas as dificuldades no sistema defensivo, tornaram o set novamente equilibrado.

No terceiro set, o time blumenauense abriu uma boa vantagem logo no início e administrou a vantagem, vencendo por 25/16 e fechando o confronto em 3 a 0. O padrão de ataque foi mantido e com ajuda dos erros do adversário, as coisas ficaram um pouquinho menos complicadas. “Foi uma vitória importante para dar moral ao grupo, merecidamente, pelo período de dificuldade que estamos enfrentando. Temos muito a crescer na competição, evoluindo nosso sistema de ataque e equilibrando o sistema de recepção.

Donegá agradeceu a diretoria da APAN e os patrocinadores para fazer o melhor possível, dando todas as condições ao time para se superar em meio a tantas dificuldades por conta da pandemia do coronavírus. “Não estão poupando esforços para que os atletas tenham o melhor rendimento”, enalteceu.

Gabriel, o Viva Vôlei da noite, compartilhou o prêmio com o grupo: “Qualquer um do time poderia ser escolhido. Todos jogaram bem. Foi um jogo duríssimo. Estou muito feliz pelo desempenho e pela superação do grupo, já que todos os nossos confrontos estão sendo fora em razão da pandemia. Vamos seguir dando o nosso melhor para conquistar mais pontos”.

Texto: Giovani Vitória
Informe Comunicação
Fotos: Alex Sezko (Montes Claros/América)