banner
Política

Encontro reúne coletivos femininos de Blumenau para debater lutas das mulheres

mulheres (64)Blumenau, 06/10/2015 – A deputada estadual Ana Paula Lima participou, na noite de segunda-feira, dia 5, da primeira reunião conjunta dos coletivos femininos de Blumenau, para tratar de pautas e lutas comuns para as mulheres. Entre os propósitos do encontro, a criação, na cidade, do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e assegurar políticas de proteção e acolhimento às mulheres vítimas de violência.

“Nós, mulheres, ainda sofremos discriminação e abusos, no ambiente familiar e de trabalho e o que queremos é respeito e políticas públicas para garantir nossos direitos, conquistados pela luta de cada uma”, destacou a deputada Ana Paula Lima. A parlamentar é coordenadora da bancada feminina na Assembleia Legislativa e autora da Lei 16.620/2015, que cria o Observatório da Violência Contra a Mulher, um sistema integrado para mapear dados e ações de combate e proteção mais efetivas.

O encontro, na sede do Sindicato Único dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Blumenau (Sintraseb), foi organizado após a 2ª Conferência Intermunicipal de Políticas para as Mulheres, realizada no dia 15 de setembro, em Blumenau, com o tema “Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres”.

Participaram cerca de 40 mulheres, entre profissionais de saúde, advogadas, trabalhadoras domésticas, mães, líderes comunitárias e sindicalistas, que atuam em coletivos de mulheres ou na defesa dos direitos das mulheres. Novo encontro está programado para o dia 19 de outubro, às 18 horas, no Sintraseb.

Conselhos Municipais – Uma das pautas do encontro dos coletivos femininos de Blumenau, defendida pela deputada Ana Paula Lima, é articular a implementação de um Conselho Municipal de Direitos da Mulher no município, para discutir, formular e decidir de forma compartilhada entre governo e sociedade civil as diretrizes para as políticas públicas de promoção e defesa dos direitos.

O Conselho Municipal dos Direitos da Mulher deve ser criado por lei municipal e suas decisões devem ser parâmetros para os órgãos municipais e para a execução das ações públicas governamentais com equidade de gênero.

Em Santa Catarina, apenas 25 municípios têm Conselhos Municipais dos Direitos da Mulher constituídos, sendo que apenas um no Médio Vale do Itajaí: Timbó. São eles: Abelardo Luz, Balneário Camboriú, Bombinhas, Caçador, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Dionísio Cerqueira,Florianópolis, Imbituba, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Joinville, Lages, Rio do Campo, São Bento do Sul, São Francisco do Sul, São Joaquim, São Miguel do Oeste, Tijucas, Timbó, Tubarão e Xaxim.

Patricia de Melo / Irene Huscher
Assessoria de Comunicação

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by