banner
Espaço do Vereador

Timbó – Entrevista exclusiva com o vereador mais votado de Timbó Fabricio Dalcastagné

Timbó – Entrevista exclusiva com o vereador mais votado de Timbó Fabricio Dalcastagné 1

Vereador Fabrício Dalcastagné

Quando as urnas das eleições municipais foram abertas, em outubro passado, um fato chamou a atenção. O vereador mais votado, era o humilde professor Fabrício, como é conhecido Fabrício Dalcastagné PMDB, que por quatro anos, carregou em seus ombros, o peso de ser o único remanescente do partido que governou Timbó, por 12 anos, o PMDB.Não foi uma missão fácil. Mas para Fabrício, foi algo prazeroso. Ele tornou o fardo em um venturoso favo de mel, e a cada dia, fazia de sua missão partidária uma alegria diária. Ao mesmo tempo que recebeu duras tarefas de fazer oposição a um prefeito que gozava de grande prestigio, Fabrício ganhava admiração e respeito de todas as alas da política municipal, estadual e nacional. Seus desdobramentos mostram que o vereador, é muito bem articulado. Sua atuação não se restringe a Câmara de Timbó, nas terças-feiras, é natural viajar para Brasília, buscando recursos e verbas para Timbó, e lá não é apenas esperado no gabinete dos deputados do PMDB, Fabrício é recebido inclusive por deputados como Espiridião Amin (PP) com o qual tem grande amizade. Ser oposição para Dalcastagné, e relembrar os ensinamentos que adquiriu dentro da própria casa. Não nascemos em berço de ouro, e correr atrás dos nossos objetivos, sempre foi a tarefa que nossos pais nos ensinaram. “Nada caiu do céu” diziam, e as dificuldades que aparecem na vida de Fabrício, são obstáculos que o impulsionam ainda mais. Fazer oposição, é difícil. Fabrício sempre tenta dividir o que é política, do que realmente é de interesse da comunidade, pois como sempre diz, “A Comunidade é o nosso patrão e não devemos consciência a uma sigla partidária, devemos a nossa própria consciência, e principalmente a da nossa comunidade que paga impostos, acorda cedo pra trabalhar e honrar os seus compromissos, que merece uma cidade que dê condições para ela viver bem. Com saúde, tranqüilidade, com opções de lazer, de cultura de esporte, que a educação seja de qualidade e os serviços da prefeitura sejam de qualidade, é para isso que eu luto” disse o vereador.  Fabrício, com sua grandiosa votação, dobrou da última eleição, mostra que é possível, ser consciente, fazer política seria, honesta, fazer cobranças, sem perder a credibilidade da população. Com a votação recorde no PMDB, o vereador e sua destacada posição na comunidade já apontam para a indicação natural do vereador como presidente da sigla nos próximos anos. Não é um projeto de Fabrício, mas para os peemedebista é. Ele reúne o partido, consegue uma unanimidade partidária, e isso fortalece a sigla. Jovem dinâmico, entusiasta, bem articulado, Dalcastagné é apontado inclusive, por muitos como um possível candidatavel a prefeitura de Timbó. E os atributos para isso ele já demonstrou que tem. Sobre esses assuntos, política, sua vida particular, seus sonhos e aspirações, o Vereador Fabrício Dalcastagné, contou todos eles, para o Jornal A Cidade, e esta entrevista você confere, na integra a seguir.

O senhor foi o vereador mais votado de Timbó. Esperava esta votação expressiva?

Fabrício Dalcastagné: Durante a campanha percebi que estava sendo muito bem recebido e ganhando apoio das pessoas pela forma como desenvolvi meu trabalho durante os 4 anos da legislatura. Tinha confiança de me reeleger, mas não com uma votação tão expressiva.

Você fez mais que o dobro de votos em relação à eleição passada. A que você atribuir o resultado tão positivo nestas eleições?

Fabricio Dalcastagné: O fato de abrir mão de dar aula, e por consequência ter outro salário, me deu a oportunidade de estar todos os dias a disposição da população para buscar soluções para seus problemas. Com isso visitei durante os 4 anos muitas famílias em todos os bairros da cidade. Isso foi importante, pois fui o vereador mais votado em 4 bairros e alcancei votos em todas as urnas.

Qual foi o seu diferencial durante a campanha?

Fabricio Dalcastagné: o grande diferencial foi fazer campanha durante 4 anos, e não apenas no período eleitoral. Muitas pessoas me relatavam que nunca tinham visto um politico aparecer após as eleições nas suas casas, e o fato de eu fazer isto pesou bastante no momento de decidir em quem votar.

O que você pretende fazer de diferente de seu primeiro mandato como vereador?

Fabricio Dalcastagné: Vou continuar sendo apenas vereador, isso me dá mais tempo de me envolver na busca das soluções de problemas da comunidade. Também pretendo usar muito as redes sociais tanto para que as pessoas entrem em contato como para demonstrar os trabalhos que estou realizando.

Uma vez que você é oposição, como será seu relacionamento com o Poder Executivo? 

Fabricio Dalcastagné: Fui um vereador de oposição, na legislatura anterior, pela postura que o prefeito Laércio teve de não receber os vereadores de siglas contrarias as da base de seu governo. O que é uma grande pena, e quem mais perde com isso é a população, pois enquanto políticos veem siglas partidárias não estão vendo o povo. O prefeito Jorge, talvez por ter sido vereador antes, tem tido uma postura muito diferente, atende o telefone, recebe os vereadores, dá retorno. Mantendo esta postura, não haverá oposição em Timbó, apenas opiniões diferentes e m prol do melhor para a sociedade.

Quais os projetos que você tem em mente que você vai colocar em beneficio da sociedade?

Fabricio Dalcastagné: O legislativo no Brasil é muito engessado, quase todo projeto tem que ser de iniciativa do poder executivo. Neste sentido seria demagogia falar em projetos de minha autoria.

Hoje as sessões da Câmara acontecem praticamente sem público. O que você acha que tem que ser feito para atrair a comunidade a participar dos debates?

Fabricio Dalcastagné: Essa é uma questão muito ampla. Se fosse apenas em Timbó que as pessoas não se interessam ficaria preocupado. Mas é uma realidade do Brasil. É necessário investimento em educação para melhorar a cultura nacional, isso requer investimento de dinheiro, de tempo e principalmente de interesse dos governantes.

Você pretende ser prefeito?

Fabricio Dalcastagné: Sim. Mas o mais importante é que a população queira que eu seja prefeito. Para isso preciso trabalhar muito, me preparar fortemente. Inclusive estou fazendo MBA em Gestão Pública para aperfeiçoar meus conhecimentos.

O que você espera da administração do prefeito Jorge Kruger?

Fabricio Dalcastagné: A família Kruger tem uma bela história em Timbó. Tenho certeza que o prefeito Jorge vai querer honrar isso. Aprendi a respeitar e admirar o Jorge como vereador, se ele manter a mesma forma de agir e pensar, tenho certeza que fará m grande governo. E ele pode contar comigo e com os Deputados Aldo e Peninha nesta jornada.

Deixe uma mensagem para a população e o que ela pode esperar do vereador nesses 4 anos de mandato?

Fabricio Dalcastagné: Sei que o momento político no Brasil é muito ruim. Por isso os políticos precisam estar cada vez mais próximos do povo. Deixo meu e-mail [email protected] e meu telefone/Whats 47 98861-2772 para quem interessar. Um bom 2017 para todos.


Fonte: Jornal A Cidade de Timbó

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by