banner
Timbó

ESCOLA URBANA será restaurada pelo IPHAN e transformada em escola de artes manuais em Timbó/SC

ESCOLA URBANA será restaurada pelo IPHAN e transformada em escola de artes manuais em Timbó/SC 1A Escola Urbana, edifício em técnica enxaimel tombado pelo IPHAN na cidade de Timbó, será restaurada e transformada em escola de artes manuais ainda este ano. O recurso de R$ 1.107.955,53 é proveniente do Fundo De Defesa dos Direitos Difusos (FDD), do Ministério da Justiça e Segurança Pública. A obra será executada pelo IPHAN e o edifício e sua nova atividade, que é de propriedade da Prefeitura Municipal, serão geridos por ela para atender a comunidade local. A expectativa é que a obra esteja licitada em até três meses e o prazo de execução é de um ano.
De volumetria diferenciada, a escola chama a atenção pela sua grande extensão longitudinal. Possui duas portas voltadas para a rua principal, sendo a mais larga em folha única de tábuas alinhadas horizontalmente e a mais estreita em duas folhas almofadadas com bandeira superior quadriculada. Hoje, ambas dão para o mesmo espaço único que abrange todo o edifício.

CASA DO PROFESSOR TAMBÉM SERÁ RESTAURADA

ESCOLA URBANA será restaurada pelo IPHAN e transformada em escola de artes manuais em Timbó/SC 2A Casa do Professor, edifício que faz conjunto com a escola, também será restaurada. Ela foi adquirida por um jovem casal que pretende transformá-la em sua residência através da restauração e ampliação do edifício. O projeto está em fase de aprovação e o profissional está sendo assessorado pelos técnicos do Escritório Técnico da Imigração em Pomerode. A expectativa é que a obra esteja concluída até o final do ano.
A casa tem partido arquitetônico singular no contexto da imigração: dois pavimentos bastante compactos com varanda embutida no térreo e duas coberturas de duas águas que se encontram. Uma tipologia menos ligada ao solo, comprovada pela existência de um pavimento superior e a varanda térrea fechada, mais introspecta e urbana. Sua construção teria se iniciado em fins do século XIX para abrigar Fritz Neuehaus, o primeiro professor. Nos dados iconográficos e cadastrais da década de 80, a varanda térrea tinha os vãos – ora abertos – fechados por janelas do tipo guilhotina, sendo três frontais e duas na lateral separadas por porta embandeirada.

Sobre o FDD

O FDD é um fundo de natureza contábil, vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública. Foi criado em 1988 para gerir os recursos procedentes das multas e condenações judiciais e danos ao consumidor, entre outros.

Esses recursos são utilizados para financiar projetos de órgãos públicos e entidades civis que visem a reparação dos danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico, paisagístico, por infração à ordem econômica e a outros interesses difusos e coletivos.

 

Texto e Fotos: Iphan Santa Catarina

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by