banner
Blumenau

Exposição valoriza trajetória de mulheres que passaram pelo tratamento do câncer de mama em Blumenau (SC)

Projeto Revigorar faz parte do Outubro Rosa, coordenado pela Rede Feminina de Combate ao Câncer de Blumenau, e é realizada pelo CIC. Fotos de Mariana Florencio ficam em exibição até 30 de outubro

Exposição valoriza trajetória de mulheres que passaram pelo tratamento do câncer de mama em Blumenau (SC) 1Mostrar a beleza, emoção e alegria que existe por trás da roupa, mesmo de quem passou ou está passando por um processo tão intenso quanto o tratamento do câncer de mama. Este é o objetivo da exposição Revigorar, que entra em exibição nesta terça-feira (17), em Blumenau (SC). A iniciativa do CIC Blumenau com o apoio da Rede Feminina de Combate ao Câncer traz um editorial de moda de 14 mulheres e, junto com as fotos com peças que são tendência, imagens das cicatrizes e marcas da mastectomia.

Os registros são da fotógrafa Mariana Florencio, que contou com uma equipe voluntária de maquiagem e produção. Para ela, captar no olhar e na expressão das modelos a vivacidade que há nelas foi o grande presente da exposição Revigorar. “Foi emocionante perceber quanta energia existe em cada história. Saímos todos emocionados e felizes com o resultado”, comenta.

A exposição está aberta no piso superior do CIC Blumenau, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h, aos sábados das 8h às 18h30min e fica na rua Dois de Setembro, 1395, na Itoupava Norte em Blumenau (SC).

A presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer de Blumenau, Maria Christina Dorigatti, diz que a ação que reúne arte e conscientização traz uma abordagem valiosa para o Outubro Rosa. “O processo que envolve a mastectomia não é fácil e exige que a mulher se reconstrua. Dar a essas 14 pacientes a oportunidade de se reencontrarem com a sua beleza e mostrar ao público que existe uma vida vibrante durante e depois do tratamento é fundamental para inspirar quem está passando por ele”, comenta.

Daniela Marthental, presidente do CIC Blumenau, destaca que a proposta é usar a moda como ferramenta de autoestima. “Vimos nessas histórias a possibilidade de mostrar que, embaixo de cada roupa ou acessório, há uma história. E é isso que faz com que cada pessoa seja única”, comenta. “Queremos promover um olhar carinhoso sobre o corpo, reafirmar que cada beleza é única e fazer com que mulheres que passaram ou estão passando pelo tratamento do câncer de mama tivessem contato com o seu amor-próprio”, acrescenta.

Uma experiência de autoestima
As imagens são resultado de um dia promovido pelos voluntários que apoiaram o projeto. Um time formado por profissionais de maquiagem, moda e vídeo fez a produção individual de cada participante, de acordo com os seus gostos e o seu estilo. Muitas delas não tinham vivido essas experiências.

Para a presidente do CIC, a troca que aconteceu entre elas e a valorização da beleza de cada uma por parte dos profissionais fez toda a diferença. “Estávamos juntos para mostrar que cada participante pode ser modelo, assumir as peculiaridades do seu corpo. Foi um dia de aceitação e de emoção”, lembra. Na mesma data, elas compartilharam as suas histórias, que estarão, além da exposição, nas redes sociais do CIC.

Além do CIC Blumenau e da Rede Feminina de Combate ao Câncer, foram voluntários da ação: Mariana Florencio, Camilla Meier, Megg Cypriani de Abreu, Bruna Gabriela Knop, Melz Assessoria de Imprensa, pen.ag, Valvulado Filmes, YES! Press Impressão Digital, Bertha Confeitaria e Decanter Vinhos Finos.

Foto: Mariana Florencio


Marina Melz

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by