banner
Simples assim! com Carlos Felski

Gasolina com Amor! – por Carlos Felski

Gasolina com Amor! – por Carlos Felski 1No sábado eu estava indo no mercado comprar uns ingredientes para fazer um jantar e receber um casal em minha casa, quando estacionei o carro na frente do mercado, vi um jovem senhor sentado em uma mureta, de longe via em seus olhos o sentimento de desolação, pude sentir a tristeza do seu coração, ao me aproximar dele perguntei se ele estava com fome, se queria comer, mas ele falou que não estava com muita fome, que eu não precisava me preocupar com ele, compreendi na hora que ele precisava mais conversar do que comer, em alguns minutos de papo, pude ver que tínhamos algumas coisas em comum na vida, inclusive o nome, ele também se chama Carlos, sabia que não podia dar apenas um lanche e ir embora, pedi para que ele me esperasse um pouco, fui em casa, peguei algumas roupas limpas e produtos de higiene, voltei, coloquei ele no carro e fui procurar um posto de combustível com estrutura para tomar banho, parei em um posto que faço questão de não citar o nome, só o lamentável ocorrido, fui ao caixa e perguntei se o uso do chuveiro era pago, a atendente falou que era cinco reais, na hora que eu ia pagar e pegar a chave ela perguntou se eu ia tomar banho e seu era caminhoneiro? Falei que não, mostrei que eu estava apenas ajudando um morador de rua, então ela foi pedir autorização para o gerente, quanto ela voltou dizendo que o gerente não autorizou, fiquei extremamente triste e bravo, pois já parei varias vezes para abastecer meu carro ali, já comprei coisas na conveniência, me senti como cliente tratado com total indiferença, o gerente não foi capaz de vir conversar e analizar a situação, compreendo que toda empresa tem suas regras, mas cabe o bom senso, se tratava de um ato de humanidade, de amor ao próximo, não queria de graça, estava pagando a taxa do banho, o pobre senhor ficou ainda mais triste com isso, ele tentava me acalmar e pedia para irmos embora, ouvi suas palavras, fomos procurar um outro posto, esse sim faço questão de citar o nome, paramos no Posto Delta em Timbó na entrada da rua Amazonas, foi liberado o chuveiro dos funcionários e nada foi nos cobrado!

Dois postos de combustíveis com valores diferentes, os dois vendem gasolina, porém a forma de tratar o SER HUMANO é completamente diferente!

Fiz questão de escrever esse artigo como forma de agradecimento ao Posto Delta de Timbó por sua generosidade!

Desejo que a direção do posto leia esse artigo e continuem com essa postura de amor ao próximo!

Quem puder prestigiar esse estabelecimento, façam! Eles merecem!

 

O que você pode fazer para deixar o mundo um lugar melhor? – por Carlos FelskiSimples Assim!

Querido(a) leitor(a), gostaria muito de começar a interagir com você, saber a sua opinião, críticas e sugestões, por gentileza entre em contato através do meu whatsapp 47 9 9919 1982 ou se preferir pelo meu e-mail: [email protected] , vai ser um prazer receber seu apoio!

 Gratidão!

Carlos Felski – Life Coach
palestrasquetransformam.com.br

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by