banner
Política

Governador Raimundo Colombo anuncia que SC vai investir na fosfoetalonamina para tratamento dos pacientes de câncer

Durante a reunião com a deputada Ana Paula e representantes da AMUCC, o governador conversou com Geraldo Alckmin, de SP, sobre convênio para pesquisas e aquisição da substância conhecida como a “pílula contra o câncer”.

anapaula2Florianópolis, 05/05/2016 – O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, confirmou que vai investir na pesquisa e aquisição da substância Fosfoetalonamina Sintética para tratamento dos pacientes de câncer no estado. A decisão foi anunciada nesta quinta-feira em reunião no Centro Administrativo com a presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, deputada Ana Paula Lima (PT) e representantes da Associação Brasileira de Portadores de Câncer (AMUCC).

 “É um grande avanço para o nosso estado e uma esperança para as pessoas portadoras de câncer. Há meses temos trabalhado com a possibilidade de ser disponibilizada essa substância para os pacientes em nosso estado. É um passo muito importante, pois sabemos que as pessoas que sofrem com essa doença têm pressa” declarou a deputada Ana Paula. “Ele (o governador) garantiu que o estado vai adquirir a fosfo e que também haverá investimento em pesquisas sobre o uso dessa substância”, disse a deputada.

 “Trazer a Fosfoetalonamina para SC significa respeito aos pacientes e responsabilidade do Governo do nosso estado com a saúde da população”, comemorou Leoni Margarida Simm, presidente da AMUCC.

Conversa com Alckmin – Durante a audiência em seu gabinete, Raimundo Colombo falou, por telefone, com Geraldo Alckmin, governador do estado de São Paulo, onde será realizada a primeira pesquisa clínica com a Fosfoetanolamina em pacientes no Brasil. “É fundamental o governador já ter articulado esse diálogo com a possibilidade de estabelecer convênio entre os dois estados”, destacou Ana Paula, que parabenizou o governador pela iniciativa. Outro telefonema do governador foi para a presidente do Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), Maria Tereza Evangelista Schoeller. Ele pretende indicá-la para compor o grupo de trabalho sobre a utilização da Fosfoetanolamina aqui no estado.

Sobre a Fosfoetanolamina – A substância é pesquisada há mais de 20 anos pela Universidade de São Paulo (USP), em São Carlos. O pesquisador e professor aposentado dessa universidade, Gilberto Orivaldo Chierice, é o coordenador da pesquisa. Ele esteve em SC, em dezembro do ano passado, para participar do “Seminário Catarinense Fosfoetanolmina”, realizado através da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa.

 

Crédito das fotos: Julio Cavalheiro/Secom

 

Linete Martins
Jornalista – SC 000861/JP

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by