banner
Brasil

Ingredientes de A a Z: Conheça o alfabeto da cerveja

Com diferentes receitas e a partir dos mais variados ingredientes, a cerveja é uma das bebidas mais versáteis do planeta

Ingredientes de A a Z: Conheça o alfabeto da cerveja 1Figo, Hibisco e até Xarope de Guaraná. A cada dia, mestres-cervejeiros de todo o mundo vêm unindo água, malte, lúpulo e levedura à criatividade, criando novos sabores e trazendo mais possibilidades ao universo cervejeiro. Para demonstrar a variedade, a Beer Somméliere da Cervejaria Ambev, Carolina Loureiro, e o mestre-cervejeiro da Cervejaria Wäls, Célio Gutstein, criaram um alfabeto completo, de A a Z, apenas com ingredientes que foram utilizados em receitas de cerveja.

Ao listar as principais características da cerveja, uma delas com certeza é a versatilidade. A bebida não se limita a quatro ou cinco estilos, nem apenas a uma forma de ser feita, são inúmeras as possibilidades de inovação, seja na concepção da receita, ou durante as etapas de produção. “É mais do que experimentar outros ingredientes. É sobre sair da zona de conforto e criar algo que fuja dos padrões e traga uma experiência única para quem está bebendo, tornando aquele momento especial”, comenta, Carolina.

Alguns exemplos de cervejarias que têm como principal missão ousar e inventar cervejas para os paladares mais diferenciados são a Cervejaria Wäls, de Belo Horizonte-MG, a Colorado, de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, e a norte-americana Goose Island, todas marcas da Cervejaria Ambev. Cada uma ao seu estilo, buscam experimentar ingredientes para inovar e descobrir novos sabores.

Para Gutstein, mestre-cervejeiro da Cervejaria Wäls, a cervejaria brasileira mais premiada no WBC (World Beer Cup), o segredo está na inquietude que o mestre-cervejeiro deve trazer para o dia-a-dia de trabalho. “Para pensarmos combinações, estilos e sabores novos sempre buscamos algum ingrediente ou processo que nunca usamos. É um sonho poder acordar todos os dias com a missão de criar cervejas novas. Para isso, é crucial estar com a cabeça aberta e atento ao que o nosso cotidiano pode trazer de elemento criativo para entregarmos as melhores e mais incríveis cervejas aos nossos consumidores”, explica.

Abaixo, conheça mais sobre o alfabeto da cerveja e toda a sua diversidade:

Aveia

Bluberry

Coentro: “As sementes de coentro são indispensáveis numa Witbier e quando utilizadas em sua produção, lhe conferem um gosto refrescante e suave, e ao mesmo tempo doce e levemente cítrico”, explica Carolina. A Hoegaarden é um exemplo de Witbier feita de trigo, com sementes de coentro e raspas de laranja

Damasco

Especiarias

Figo: “Além de aroma e sabor, o Figo oferece mais açúcares à receita, que, posteriormente, serão fermentáveis e convertidos em álcool”, afirma Gutstein

Goiaba

Hibisco: “O hibisco além de contribuir para o aroma da cerveja, também proporciona uma leve acidez. Dependendo da flor, o hibisco pode tornar a cor da cerveja mais avermelhada”, comenta Carolina.

Iogurte

Kiwi

Jambu

Limão doce

Milho

Nozes

Orégano

Pepino

Quinoa

Rapadura

Sal do Himalaia

Trufa Negra Verão: “Um exemplo inusitado de ingrediente vindo da culinária para a cerveja foi a Trufa Negra Verão. Oriunda da Itália, a trufa deu um toque especial na cerveja Tuber Aestivum. As adições durante a fervura e maturação trouxeram aromas e sabores únicos para esta criação”, demonstra Gutstein.

Uva

Vinho

Xarope de Guaraná: “Agrega no sabor e aroma do próprio guaraná em combinação com os aromas provenientes dos maltes e lúpulos da cerveja”, explica Gutstein.

Zimbro

 


Karin Barros

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by