banner
Timbó

Noite dos Candelabros será dia 15

Noite dos Candelabros será dia 15 1No próximo dia 15 de setembro no Museu da Música de Timbó será a  Noite dos Candelabros com a participação da Orquestra de Câmara Municipal de Timbó – OCMT e a companhia da pianista Sandra Mohr como convidada especial da noite. OCMT e Sandra Mohr (que vem especialmente do Rio Grande do Sul para esse concerto) apresentam ao público o “Rondó para piano e orquestra” de Wolfang Amadeus Mozart e a “Dança de Negros” II de autoria da pianista convidada e será a primeira apresentação pública da obra. A noite contará ainda com a participação dos alunos do Projeto Emo da OCMT. A regência e direção artística da orquestra será de Paulo Lira. A Noite dos Candelabros faz parte das comemorações das festividades dos 150 anos da cidade e tem entrada gratuita.

Sandra Mohr é pianista, compositora e arranjadora. Obteve o título de Bacharel em Música pela UFRGS em 2002. Como formação complementar, estudou violino, canto lírico, composição e regência.

Começou a compor aos 9 anos de idade e conta atualmente com mais de 150 peças escritas em seu acervo, sendo a metade para piano solo e as demais para diversas formações camerísticas. Desde 1995 suas composições têm sido apresentadas em recitais de piano, de música de câmara e nos últimos anos em concertos da orquestra Santa Cruz Filarmonia. Algumas de suas composições foram publicadas no livro Prata da Casa – Obras para flauta doce escritas por compositores ligados à UFRGS e no Álbum de Partituras 2016 do Projeto DuoBrasil – Música erudita brasileira para flauta doce e piano, organizado pelas musicistas Betiza Landim (flauta doce) e Daniela Carrijo (piano). Duas composições fazem parte do CD Arte pela Paz lançado em 2005.

Noite dos Candelabros será dia 15 2                Trabalhou como pianista e professora de piano em diversos festivais de música nos três estados sul brasileiros. Atuou como solista em diversas orquestras nestes estados. Como camerista, trabalhou com músicos de destaque no cenário internacional, como o artista Deutsche Grammophon, o trompetista Francisco Pacho Flores (Venezuela), o flautista Andrea Ceccomori (Itália) e a violinista e coordenadora do Método Suzuki nas Américas Barbara Barber (EUA). Em 2008, teve a honra de prestar homenagem ao então príncipe Naruhito, hoje Imperador do Japão em sua visita ao Brasil.

                 Desde 2011 dedica-se à carreira de pianista solista. Em 2012, realizou a turnê sul-brasileira “Gênios Românticos”, apresentando peças virtuosísticas de compositores como Chopin, Liszt e Rachmaninov. Em 2013 estreou na Europa com recital em comemoração ao ano Brasil-Alemanha. No ano seguinte passou uma temporada na Alemanha, se atualizando.

Entre os prêmios que recebeu, destacam-se a Comenda Rotária pelo Rotary Club Santa Cruz do Sul, em 1998;  a vitória no Concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (OSPA), em 2000; o Prêmio Excelência e Qualidade Brasil 2015, concedido pela Braslider – Associação Brasileira de Liderança em São Paulo; e o Prêmio Líderes e Vencedores Etapa Regional Santa Cruz do Sul, na categoria Expressão Cultural, pela Associação Comercial e Industrial (ACI) e Câmara dos Vereadores do Município em 2016.

                  Em janeiro de 2017, respondeu pela Direção Executiva do I Musikfest – Festival de Música realizado em Santa Cruz do Sul, que teve como Diretor Artístico o Maestro Claudio Ribeiro. Também ministrou o curso de Leitura para Coralistas e atuou como pianista camerista, dividindo o palco com os professores do Festival.

Entre 2015 e 2019, atuou como maestrina e diretora geral da orquestra Santa Cruz Filarmonia – projeto que teve como objetivo o desenvolvimento cultural de sua cidade natal, Santa Cruz do Sul/RS, bem como o aprimoramento técnico e artístico de seus integrantes.

Atualmente, residindo no sul do Brasil, se dedica à carreira de pianista.

 

Marli Jardim

Topo
Open chat
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by