banner
Prefeitura Municipal de Indaial

Prefeitura de Indaial e Tribunal de Justiça firmam acordo para implantação de Grupo Reflexivo sobre violência doméstica

Prefeitura de Indaial e Tribunal de Justiça firmam acordo para implantação de Grupo Reflexivo sobre violência doméstica 1Na última sexta, 29 de novembro, a Prefeitura de Indaial e o Tribunal de Justiça de Santa Catarina promoveram a solenidade de assinatura do Acordo de Cooperação para a implantação do Grupo Reflexão de Gênero e Masculinidade de autores de violência doméstica no Município. A ação socioeducativa faz parte do Programa Justiça pela Paz em Casa.

O evento, realizado na Câmara Municipal, contou com a presença do prefeito, André Moser; desembargadora, Saleta Silva Sommariva; juízas de Direito, Horacy Benta de Souza Baby e Leila Mara da Silva; vereadores; secretária de Desenvolvimento Social, Katiuscia Simone Harbs; secretário de Saúde, Alexandre Manoel Dalabrida; promotor de Justiça, Guilherme Schmitt; juiz substituto da Comarca, Wellington Nogueira Junior; comandante da Guarnição Especial da Polícia Militar, Atila Tiago Royer; Silvia Peres Moraes Silva, psicóloga policial; servidores da secretaria de Desenvolvimento Social; Conselho Tutelar e sociedade civil.

Ainda no encontro aconteceu a palestra “Grupos Reflexivos de Gênero: Um olhar para a masculinidade na prevenção da violência doméstica”, ministrada por Ricardo Bortoli, assistente social da Secretaria de Desenvolvimento Social de Blumenau; docente no Departamento de Serviço Social da Furb e doutorando.

O plano de trabalho do Grupo Reflexão aconteceu a partir da necessidade de construção de uma parceria entre o Tribunal de Justiça (órgão aplicador das medidas com base na Lei Maria da Penha) e a Prefeitura de Indaial, através das Secretarias de Desenvolvimento Social e Saúde, a fim de garantir a sustentabilidade e efetividade das ações socioeducativas realizadas com o grupo de homens, tendo como base as categorias de gênero, família e violência doméstica.

As ações com esse grupo de homens encaminhados pelo Fórum e políticas públicas que os atendem objetiva a construção de um espaço no qual os sujeitos consigam expressar-se na perspectiva de prevenir e combater a violência contra a mulher, doméstica e intrafamiliar.

Prefeitura de Indaial e Tribunal de Justiça firmam acordo para implantação de Grupo Reflexivo sobre violência doméstica 2Os profissionais irão atuar junto a esse público com a reflexão sobre o relacionamento familiar para construção de alternativas de enfrentamento das situações vivenciadas e visão de temas como masculinidade, machismo e feminismo; a possibilidade de ressignificação e melhor manejo dos relacionamentos, especialmente as relações conjugal e familiar; orientações sobre o acesso às políticas públicas com enfoque em gênero e violência doméstica; e a desconstrução dos estereótipos de gênero. As ações serão realizadas a partir de 2020, no Centro de Convivência, no bairro Tapajós.

De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Katiuscia Simone Harbs, há uma necessidade de se construir uma política de atendimento à demanda masculina, assim como descreve a Lei Maria da Penha. “O grande desafio dessa ação direcionada aos homens está em consolidar a participação para que eles possam lançar sobre o grupo um novo olhar de possibilidade de crescimento pessoal e ressignificação de valores que lhes permitam relacionamentos mais saudáveis e adequados”, pontua.


Graciely Guesser Ramos
Jornalista
Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Indaial

Topo
Open chat
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by