Prefeitura de Timbó anuncia novas medidas de combate à Covid-19 e faz alerta sobre a atual situação no município

Prefeitura de Timbó anuncia novas medidas de combate à Covid-19 e faz alerta sobre a atual situação no município

12 de março de 2021 Off Por Redação

 

 

Timbó Decreto-n°-5913-2021-medidas-COVID 12032021

 

Na manhã desta sexta-feira, 12 de março, a Prefeitura de Timbó e o Hospital Oase realizaram uma coletiva de imprensa para falar e esclarecer dúvidas a respeito da atual situação da Covid-19 no município. Participaram o prefeito Jorge Kruger; o secretário municipal de Saúde, Alfredo João Berri; o médico responsável pela UTI do Hospital Oase (que é o hospital referência para atendimento à Covid-19 em Santa Catarina), Ian Robert Rehfelt e o diretor do Hospital Oase, Richard Choseki.

Novo Decreto Municipal Nº 5.913 entra em vigor amanhã

Durante a coletiva, o prefeito anunciou que, a partir de amanhã, 13 de março, entra em vigor o Decreto Municipal Nº 5.913/2021, que “Estabelece medidas complementares de prevenção e combate ao coronavírus (COVID-19) no município de Timbó e outras providências”. Leia o decreto na íntegra aqui.

Kruger disse que, conforme consta no Decreto, as pessoas que forem flagradas descumprindo as medidas de prevenção, ou seja, realizando festas clandestinas, por exemplo, irão receber uma multa, cujo valor será fixado pela autoridade competente nos termos da legislação aplicável.

“São medidas que o momento exige. Pedimos, mais uma vez, que todos se atentem à sua responsabilidade. São atitudes simples, como ir apenas uma pessoa da família no mercado, sair somente quando for necessário, usar a máscara do jeito correto, respeitar o distanciamento. É tudo o que já estamos falando há um ano e repetimos diariamente”, reforçou.

Prefeitura, polícia e bombeiros iniciam fiscalização

A partir de hoje, uma força-tarefa que reúne Prefeitura de Timbó, Defesa Civil, Procon (e demais secretarias), Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e demais entidades iniciam a Ação Integrada Contra à Covid-19, que consiste em fiscalizações nos estabelecimentos de Timbó.

O objetivo é averiguar se os locais estão cumprindo e seguindo os protocolos de prevenção, conforme é determinado pelo Ministério da Saúde. “Nesse fim de semana nossos parques estarão fechados, isolados com fita inclusive, para evitar que haja circulação e permanência de pessoas nos espaços públicos”, complementa Kruger.

Mudanças no atendimento na saúde a partir da próxima semana

Na ocasião o secretário Alfredinho explicou que a partir da próxima segunda-feira, 15 de março, todas as Unidades de Saúde da Família (USF) do município vão passar a atender exclusivamente pacientes com sintomas de Covid-19.

“A partir da próxima semana, todas as consultas eletivas serão encaminhadas pelas Unidades e atendidas na Policlínica. Já o Pronto-Socorro (PS) do Hospital Oase irá atender exclusivamente os casos de urgência e emergência. Chegamos em um momento onde há pessoas intubadas no PS, esperando uma vaga na UTI. Não há mais como realizar o atendimento de casos leves no Pronto-Socorro porque há situações muito graves. Por isso quem estiver com sintomas leves de gripe e chegar no OS será encaminhada às Unidades de Saúde para atendimento”, esclarece.

Ele ainda frisa que essa separação de atendimentos eletivos na Policlínica e de casos suspeitos de Covid-19 nas Unidades de Saúde visa evitar contato entre essas pessoas. O secretário ainda reforçou que, no momento, há uma carência de profissionais para atuar na linha de frente, por isso fez um pedido convocando médicos(as), enfermeiros(as) e técnicos(as) que possam atuar de forma voluntária nesse momento crítico.

A Policlínica irá manter seu horário de atendimento das 7h às 22h, sem fechar para o almoço.

Em busca de mais vacinas e insumos

Também durante a transmissão da live, o prefeito Jorge Kruger anunciou que foi encaminhado à Câmara de Vereadores o Projeto de Lei Nº 19/2021, que ratifica o Protocolo de Intenções do Consorcio Nacional de Vacinas das Cidades Brasileiras (CONECTAR), com a finalidade de adquirir vacinas para combate à pandemia do Coronavírus; medicamentos, insumos e equipamentos na área da saúde.

O secretário Alfredinho complementa que Timbó está recebendo vacinas semanalmente, porém, em pouca quantidade, mas que são logo em seguida aplicadas na população, conforme as recomendações repassadas pelo Ministério da Saúde. Até o momento já foram vacinados, com a primeira dose, 1.494 timboenses entre profissionais da saúde e idosos dos 80 até os 90 anos.

Leitos de UTI do Hospital Oase estão com 100% de ocupação

O médico responsável pela UTI do Hospital Oase (que é o hospital referência para atendimento à Covid-19 em Santa Catarina), Ian Robert Rehfelt e o diretor do Hospital Oase, Richard Choseki, falaram que, hoje, a UTI do Hospital Oase conta com 37 leitos.

“Todos os leitos que temos estão ocupados. Há 35 pacientes dependendo de respiradores e, a questão, é que essas internações são mais prolongadas. Há pacientes que chegaram a ficar até 90 dias internados. Há pessoas sendo entubadas no Pronto-Socorro porque não há vagas e as pessoas precisam entender isso, precisam pensar nos outros e em si mesmas também. Essa nova variante da Covid-19 está fazendo com que pessoas jovens fiquem em estado grave, lutando pela vida. Não há mais público de risco, todos estamos em risco se pegarmos o vírus”, alertaram.

Leia o decreto na íntegra aqui.

Assessora: Aline Brehmer/Ascom PMT
Foto: Waldemar Neto/Ascom PMT