banner
Blumenau

Projeto “Téo & Edu em Casa” marca gravação da música “Segundas Intenções”

A Blest, em Blumenau, lotou com um público ávido para apreciar as novidades da dupla catarinense

 

Projeto "Téo & Edu em Casa" marca gravação da música "Segundas Intenções" 1A dupla catarinense Téo & Edu lançou com casa cheia, na Blest, em Blumenau, o projeto “Téo & Edu em Casa”. Durante um megashow, de três horas, eles também gravaram a nova música de trabalho “Segundas Intenções”. Estamos em êxtase com a resposta do público ao novo projeto. Esse carinho todo nos dá ânimo para continuar apresentando um trabalho de qualidade e sempre com inovações”, declaram os irmãos Téo & Edu.

Além da nova música de trabalho, o público também foi ao delírio com a interpretação de sucessos como “Festinha Particular”, “Zamiga do Terror”, “Agora Deixa”, entre outras.  A diversão ficou ainda melhor com o momento “Butecão de Raiz”, quando eles fizeram uma homenagem ao sertanejo de raiz, com uma ambientação no palco, tendo até  distribuição de churrasco e cachaça.

História

Projeto "Téo & Edu em Casa" marca gravação da música "Segundas Intenções" 2A arte convocou Téo & Edu desde muito cedo. Nascidos Kleber e Kleiton Pedroso de Abreu, respectivamente, eles são a prova de que talento pode até se lapidar, mas dom artístico é privilégio que vem de berço. Da infância e da adolescência passada no Mato Grosso, onde moravam na época, eles recordam com emoção do esforço para fazer da música uma profissão. Kleber, aos 14 anos, teve as primeiras aulas de música graças ao pai que trocou serviços de pintura pelas lições de um professor. Já Kleiton, então com 10 anos de idade, ganhou uma bolsa de estudo para aprender a tocar violão. Mal eles sabiam, mas esses seriam os primeiros passos para profissionalização.

No final da década de 1990, Kleber no teclado e Kleiton no violão, se apresentavam em festas, rodeios, carnavais, bailes e até campanha política no meio da Amazônia. O nome e o carisma dos irmãos conquistavam admiradores pelo Norte do Brasil. No ano de 2002, quando a saudade bateu, eles voltaram à terra natal em Santa Catarina. Já em Blumenau começaram a trabalhar para a gravação do primeiro CD.

Ainda utilizando o nome de batismo e com pouco investimento, conseguiram algo extraordinário: fazer com que a música “Amar é tão bom” tocasse em todo o país. A partir daí as canções dos artistas estouraram em toda a região e a dupla passou a ser requisitada para shows nas cidades vizinhas. Nem mesmo a mudança de nome para Téo & Edu (uma necessidade por ter aparecido no cenário nacional dupla homônima) desanimou os cantores, que atualmente contam com o trabalho de uma equipe de conceituados profissionais da área musical.

Para Edu, compositor da maior parte das letras cantadas pela dupla, a música traz a possibilidade de compartilhar experiências e sentimentos através das composições. “Buscamos levar para quem nos ouve conforto e boas sensações”, relata o músico. Téo explica que mais do que fazer sucesso, o maior objetivo é conduzir a arte que produzem no sentido de tornar mais leve a vida de quem aprecia o trabalho dos dois.


Liliani Bento
New Age Comunicação

Fotos: Divulgação/Deivid

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by