banner
Colunistas

Recurso – por: Luiz Ângelo Schuster (Interino)

Luiz Schuster Colunista Interino.

Um total de 171 municípios catarinenses está habilitado a receber investimentos, do Governo Federal, para construção, ampliação e reforma de unidades básicas de saúde. A lista foi divulgada no início de julho pelo Ministério da Saúde e contempla R$ 98.207.257,64, recursos oriundos da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e do Programa de Requalificação da Unidades Básicas de Saúde. Desses 171 municípios catarinenses, 124 estão habilitados para a construção de 181 unidades básicas de saúde, um investimento global de R$ 82.806.000,00. Para ampliação, são 30 cidades, que juntas vão aplicar R$ 4.465.605,00 em 47 unidades. E, para a reforma de 84 UBS, são R$ 10.935.652,64, divididos por 56 cidades de Santa Catarina. A lista com as propostas e os municípios habilitados para a construção de unidades básicas de saúde está publicada na Portaria nº 1.380; de municípios habilitados para a ampliação de UBS, na Portaria nº 1.381; e, para a reforma, na portaria nº 1.382; todas de 9 de julho de 2013. O município de Timbó receberá 245.578,80, para a reforma de 3 unidades de saúde. (Unidade Municipal de Saúde da Família Araponguinhas / Unidade Municipal de Saúde da Família Saudável / Unidade Municipal de Saúde da Família Tiroleses).

Nenhum ministro sai agora

Depois de longa conversa com Lula, Dona Dilma “decidiu” e revelou: “Mantega não vai sair e este ano não haverá reforma ministerial”. É essa a palavra de ordem, que tem como suporte (?) o tempo: por que trocar ministros agora, se até 5 de abril muitos terão que sair obrigatoriamente, por causa da desincompatibilização?

 

Polêmica

“Se houver mais de dois candidatos do PSDB à Presidência, haverá prévias, mas acho essa hipótese remota”, disse o deputado federal Sérgio Guerra. Ex-presidente do partido, ele faz parte da executiva nacional da legenda. “Se tivermos mais de um pré-candidato à Presidência, existirão dois caminhos: esperar a convenção de junho de 2014 ou fazer prévias e antecipar, o que seria mais conveniente”, afirma o ex-governador Alberto Goldman, vice-presidente nacional do PSDB e ligado a Serra. “Sou a favor de qualquer consulta de base. Sou contra decisões tomadas pela cúpula. Prévia é saudável porque o partido está morrendo”, diz o deputado estadual Pedro Tobias, ex-presidente do PSDB paulista.

Goldman pondera, porém, que a disputa interna para definição do candidato não significaria um racha dentro do partido. “Isso mostraria que o PSDB está sintonizado com a voz das ruas e sabe escutar a base”, disse.

 

Quem quer prejudicar Joaquim Barbosa?

De uns dias para cá, estranhamente depois que seu nome começou a aparecer nas pesquisas, o ministro Joaquim Barbosa vem sendo surpreendido por maliciosas notinhas nos jornais. Lê-se, entre outras, que ele recebeu uma bolada de 500 mil reais de atrasados e que comprou um apartamento em Miami. Sem a emissão de juízos de valor a respeito dessas publicações, valeria o presidente do Supremo Tribunal Federal investigar para saber de onde partem as farpas lançadas sobre ele. Pode ser lá de dentro mesmo, ou seja, da mais alta corte nacional de justiça. Pode ser, também, de possíveis concorrentes a um cargo que ele até agora nega disputar. Quem sabe de partidos políticos temerosos de sua má vontade para com eles? De mensaleiros condenados à prisão? A verdade é que de algum lugar estão partindo essas notinhas.

 

O sentido da Marcha das Vadias

Uma saia curta não é convite para estupro, um corpo bonito não é motivo para cantadas grosseiras. Segundo dados da ONU, aproximadamente uma em cada cinco mulheres será vítima de estupro ou tentativa de estupro no decorrer da vida. O número de assédios sexuais está ligado à cultura machista e patriarcal que promove o pensamento da mulher como alguém inferior – além de fomentar ideias como a não liberdade sexual ou a criminalização do aborto. O movimento feminista tem o papel de desconstrução do comportamento sexista, com o objetivo de uma vivência mais igualitária. Apesar de ter raízes no século XIX, o feminismo teve seu ápice nas décadas de 1960 e 70, e agora retorna com movimentos por todo o mundo, tendo a “Marcha das Vadias” como um deles. A declaração é uma resposta: em janeiro de 2011, na Universidade de Toronto, Canadá, o policial Michael Sanguinetti, ao falar sobre abusos sexuais, comentou: “As mulheres deviam evitar se vestir como vadias, para não serem vítimas”.

 

Dilma Rousseff é um poço até aqui de mágoas

Na busca desesperada da reeleição, a presidente Dilma Rousseff está se transformando numa figura caricata, que tem um encontro marcado com o ostracismo. Vem forçando a barra para ser candidata, embora o PT a rejeite flagrantemente e o apoio a seu nome se limite a meia dúzia de ministros que serão defenestrados na hipótese de um novo governo Lula, como o casal Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann, Ideli Salvatti, Miriam Belchior e Aloizio Mercadante.

Desde que Lula optou pelo nome de Dilma Rousseff para disputar a eleição em 2010, ficara implícito que ele voltaria em 2014. Justamente por isso, escolhera um poste, ao invés de um político profissional, como Mercadante, Tarso Genro, Eduardo Suplicy e outros que se insinuavam como pré-candidatos, e qualquer um deles teria ganho a eleição até com mais facilidade do que Dilma. Se Lula optasse por um desses profissionais da política, não poderia voltar em 2014, por óbvio. Teria de esperar até 2018, e isso ele não aceitava em hipótese alguma. Aí, entronizou Dilma e lutou pela eleição dela com todas as forças, em dedicação total, numa performance impressionante. Mas a vida seguiu em frente e Lula ficou doente, com câncer na laringe, corria risco, houve uma recuperação difícil, quando recebeu alta estava enfraquecido, mal conseguia andar, usava uma bengala, dava pena.

 

Lula se recuperou…

Dilma Rousseff então se animou, julgando que Lula teria de abandonar a política. Mas a vida continuou seguindo em frente, Lula se recuperou, os médicos o declararam curado e ele voltou à ativa. Em 2012, lançou outro poste para a Prefeitura de São Paulo, mergulhou fundo na campanha e conseguiu levá-lo à vitória. Traduzindo: poderá sair candidato em 2014, basta querer. De lá para cá, as relações de Dilma e Lula estremeceram de tão forma que hoje os dois são “inimigos cordiais”. A presidente tem feito tudo para evitar a candidatura do ex-mentor, usando até golpes baixos. Dilma mandou o Planalto investigar a vida de Rosemary Noronha, com quem Lula mantinha um romance há quase 20 anos, o Planalto “vazou” muitas informações contra ela na grande mídia, e tudo isso tinha o único objetivo de tirar Lula da disputa. Lula não passou recibo. Engoliu as humilhações em silêncio, mas não esquecia que, em caso muito mais grave, no escândalo da corrupção da ministra Erenice Guerra (a preferida de Dilma, digamos assim), em 2010, quando ele ainda estava na Presidência, a substituta de Dilma na Casa Civil recebeu apenas uma advertência. Lula não fez a menor carga contra Erenice, pelo contrário.

 

Chamada de atenção

Dizem nos corredores da Câmara de Vereadores de Timbó que há um espião, olhos de um ser desconhecido em Timbó e que anda pela Casa dos nossos representantes, para levar ao executivo buchichos sobre a atuação de seus aliados, mais esse cidadão levou uma chamada de atenção que ali não é a casa da sogra e sim um lugar de respeito e tem presidente e parlamentares sérios e que respeite os trametes. Vamos ficar de olho nos olhos.

 

Fazia muito tempo

Já se passou muito tempo em que o PDT de Timbó não tinha nenhum vereador na cadeira da Câmara de Timbó, nas últimas eleições nem suplentes se fazia, uma pena pelos valores contribuídos por muitos, mais em 2013 o PDT volta a Câmara com o sempre autêntico, Carlos Alberto Schroeder(Scheredinha), que entra na vaga do vereador Fabrício Dalcastagné do PMDB que pegou uma licença de 30 dias. Ressalto que palavra existe na política, ainda, o PMDB mostra que é grande e cumpre com acordos, diferente de outros que só usaram o PDT e depois o abandonaram, o que fica claro é que o militante pedetista não aceita mais isso, e que é um partido de vida própria e volta a figurar, isso ninguém pode negar mesmos os que torciam contra.

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by