banner
Timbó

Rede do bem – Com apenas nove anos, timboense enfrente doença grave e precisa da nossa ajuda

por, Rafael Franceschet / Jornal do Médio Vale

 

Rede do bem - Com apenas nove anos, timboense enfrente doença grave e precisa da nossa ajuda 1TIMBÓ – Apenas nove anos de idade, mas com força e fé de quem tem muito ainda para viver. O pequeno Adriano, natural de Timbó, filho de Adriano Oliveira e Eraci Steiner, está passando por um momento difícil e conta com a ajuda de toda a comunidade regional. Ele precisa, neste primeiro momento, de três caixas de um remédio de tratamento contínuo, que juntas totalizam 90 mil reais. Esta é a primeira fase do tratamento, que exige três meses de uso do remédio para depois o pequeno passar por um transplante de medula.

Adriano que era aluno na Escola Municipal Professor Nestor Margarida, deixou a escola faltando três meses para completar a terceira série. O motivo? Um linfoma anaplásico de grandes células grau quatro, descoberto durante uma sessão de ultrassom em setembro de 2018. Mas a fé de Adriano e sua família não contava com a evolução da doença. “Em maio evoluiu na parte óssea no quadril, na coluna e no osso perto do pescoço, mas ainda não sabemos o nome certo e o grau em que se encontra”, explicou a mãe Eraci.

O tratamento é feito por sessões de quimioterapias, remédios e posteriormente, Adriano deve passar ainda por um transplante de medula no Paraná, em Curitiba. O fato é que os pais não conseguem garantir tudo o que a saúde de Adriano exige: hospital, tratamento, hotel em Curitiba e os remédios (Crizotinibe 200mg) de uso contínuo em que cada caixa custa R$ 30 mil.

Momento difícil

A família está passando dificuldades financeiras, pois a renda é de apenas R$ 260 mensal por pessoa. Segundo a mãe Eraci, em função da doença, ela largou o emprego e a família conta atualmente apenas com a renda do pai Adriano. “Além do Adriano temos outros dois filhos, um menino de sete anos e uma menina de quatro anos. Eu não posso trabalhar porque o Adriano precisa de cuidados especiais 24 horas por dia”, explicou ela que está há 12 dias com o fi lho internado no Hospital Santo Antônio, em Blumenau, sem data de alta.

Eraci contou que possui o atestado médico comprovando e já encaminhou o auxílio do Benefício de Prestação Continuada junto ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Timbó, ainda em dezembro, mas até agora não teve nenhum retorno. “Não ganho ajuda nem da Assistência Social. Meu marido recebe R$ 1.300,00 por mês, metade vai para o aluguel e somos em cinco pessoas em casa”, conta ela.

Deposite sua esperança 

Para ajudar a família a conseguir arrecadar o valor necessário para os três meses de tratamento, que totalizam R$ 90 mil, Laize, uma amiga da família, criou a vakinha online no link: vakinha.com.br/vaquinha/632928

É bem fácil, só seguir os procedimentos solicitados.

Ou ainda você pode fazer sua doação direto na conta da mãe:

Caixa Econômica Federal
Agência 08069
Operação 013
Nº Conta 51593.0
Eraci Steinert

 

FOTO: ARQUIVO PESSOAL
Topo
Open chat
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by