banner
Santa Catarina

Rio Negrinho – Aeródromo já pode receber pousos e decolagens de aviões

Pista foi homologada e recentemente recebeu o trabalho de pintura de sinalização

Rio Negrinho - Aeródromo já pode receber pousos e decolagens de aviões 1O aeródromo de Rio Negrinho já está recebendo o pouso e decolagem de pequenas aeronaves, se tornando referência na região pela qualidade da pista. Recentemente, a pista foi homologada junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e recebeu a pintura de sinalização.

O projeto de pintura foi feito pela Prefeitura de Rio Negrinho e segue as orientações do REBAC 154 – Regulamento Brasileiro da Aviação Civil, conforme a Anac. “Esta é mais uma conquista para Rio Negrinho e que contribuirá para o seu desenvolvimento”, afirma o prefeito Julio Ronconi, que acompanhou o trabalho de pintura da pista.

A Prefeitura em parceria com o Aeroclube de Rio Negrinho conseguiram liberar as operações de voo no aeródromo. “A homologação com a documentação de operação aérea foi liberada no final de 2018. Ainda faltam alguns ajustes como o cercado ao entorno da pista e o nivelamento do asfalto com o terreno para atender 100% da segurança operacional. Mesmo ainda faltando esses detalhes, considerando tudo o que já foi alcançado, os rio-negrinhenses já tem motivos para comemorar”, ressalta o secretário do Aeroclube de Rio Negrinho, Leandro Araújo.

Com o aeródromo aberto para pouso e decolagem, abre-se um leque de opções junto ao desenvolvimento econômico municipal, sendo um diferencial para atrair investidores empresários para o município, pois são poucas as cidades catarinenses que possuem aeródromos legalizados. “Além disso, temos a oportunidade de atrair mais empresas para cá, já que passamos a contar com mais opções de infraestrutura”, analisa Julio Ronconi.

Outras atividades que geram empregos, como Escola de Aviação Civil, oficina mecânica de manutenção de aeronaves, entre outras podem agora deixar de ser um sonho para se tornar realidade. “Mas na aviação, cada processo é individual e bem exigente, por isso é necessário um diálogo sempre aberto entre Prefeitura, Aeroclube de Rio Negrinho e a sociedade rio-negrinhense”, analisa Leandro.

[rl_gallery id="75302"]


Fabiano Kutach

Topo