Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

Santa Catarina gera mais de 32 mil empregos, melhor outubro da história

26 de novembro de 2020 Off Por Redação

 

 

Santa Catarina apresenta novamente números expressivos na geração de empregos formais. O Estado teve um saldo positivo de 32.911 vagas em outubro, o melhor desempenho para o mês desde 2004, início da série histórica. Além disso, teve o quarto maior saldo do Brasil, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, divulgados nesta quinta-feira, 26.

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas.

“Esses dados mostram que Santa Catarina avança significativamente na recuperação, após os impactos sofridos pela pandemia de Covid-19. Nós temos trabalhado para aumentar a oferta de empregos e renda dos catarinenses e já estamos colhendo os frutos disso”, afirma a governadora Daniela Reinehr.

Todos os setores da economia catarinense contrataram mais do que demitiram no mês de outubro. O setor de serviços obteve o melhor desempenho, com um saldo de 12.128 novas vagas. Em seguida vem a indústria (11.256) e na sequência o comércio (7.891), a agropecuária (1.002) e a construção (634).

As mais de 32 mil novas vagas com carteira assinada no Estado em outubro são resultado das 116.806 admissões e 83.895 demissões. Quando se trata do Brasil, o saldo positivo de geração de empregos foi de 394.989.

“Santa Catarina é um estado diferenciado, com uma matriz econômica diversificada que atrai investidores e gera oportunidades. Fato é que apresenta números expressivos na geração de empregos formais, mesmo em meio a uma pandemia. Isso mostra a veia empreendedora de um povo resiliente. Temos à frente da Secretaria a missão de fortalecer as ações e incentivos para alavancar novos negócios e investimentos para o Estado”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Henry Quaresma.

Em setembro

No nono mês deste ano, o Estado havia apresentado o melhor desempenho na região Sul e terceiro maior saldo acumulado do país, com criação de 26.409 novas vagas.

“Analisando os dados, se continuada essa aceleração do emprego, em novembro, Santa Catarina deve ultrapassar o número de vagas formais antes da pandemia”, avalia o economista da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Pietro Aruto.


Mariane Lidorio
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável – SDE