banner
Saúde

SAÚDE – Mito ou verdade: o que é importante saber antes de se vacinar contra a gripe?

Pneumologista esclarece as principais dúvidas que costumam preocupar as pessoas quando o assunto é a vacina da gripe.

SAÚDE - Mito ou verdade: o que é importante saber antes de se vacinar contra a gripe? 1Anualmente, o Ministério da saúde promove a campanha antigripal direcionada às pessoas mais vulneráveis ao vírus. Neste ano, ela ocorre de 10 de abril a 31 de maio. Com o aumento da circulação do vírus nas regiões brasileiras, o Ministério da Saúde divulgou que, até março deste ano, já foram notificados cerca de 232 casos do vírus influenza, causando a morte de 50 pessoas em todo o país.

A vacina é uma das melhores formas de se prevenir, em conjunto com hábitos de higiene adequados, como lavar as mãos com frequência, evitar locais fechados e com aglomeração de pessoas. No entanto, neste período, sempre surgem dúvidas sobre a vacinação.

O médico pneumologista e diretor técnico do Hospital Dia do Pulmão, de Blumenau, Santa Catarina, Dr. Mauro Sérgio Kreibich, explica por que a população precisa aderir a vacina todos os anos. “O vírus da gripe sofre inúmeras mutações ao logo do tempo, em razão disso, a Organização Mundial de Saúde orienta sobre a  necessidade de fazer a vacinação todos os anos, visto que a composição das vacinas é modificada, alterando os subtipos com maior possibilidade de circular no hemisfério sul, durante os próximos meses”, comenta.

O pneumologista separou algumas dicas a respeito da imunização contra o vírus Influenza. Confira:

A vacina causa gripe? Quais as reações da dose?

A vacina não causa a doença nas pessoas, visto que é uma vacina composta por um vírus inativo, morto e fragmentado. Com a vacina, é aplicado uma partícula do vírus (antígeno) e o organismo  leva, em média, de 10 a 15 dias para produzir anticorpos contra aquele vírus.
Se a pessoa já está com o vírus incubado ou teve contato com o vírus durante esse período de adaptação e proteção do corpo, ela pode, sim, desenvolver a gripe, mas não causada pela vacina.

As reações graves à vacina antigripal são raras. As reações mais comuns são no local da aplicação que pode ficar doloroso, inchado e vermelho.

Quais são os tipos de vacina que existem e onde encontrar?

Há dois tipos de vacinas para a gripe: a vacina quadrivalente  que imuniza contra quatro tipos de vírus da influenza: dois do tipo A (H1N1, o H3N2) e dois do tipo B. A vacina é encontrada nos serviços privados de vacinação.

Já a vacina trivalente que imuniza contra três tipos de vírus da influenza: dois do tipo A (H1N1, o H3N2) e um do tipo B,  é a oferecida pelo serviço público na campanha de vacinação antigripal e pode ser encontrada em serviços privados de vacinação. O Hospital Dia do Pulmão trabalha apenas com vacinas quadrivalentes.

Quem deve tomar a vacina e qual o número de doses recomendadas?

É recomendada uma dose anualmente. Todas as pessoas a partir dos seis meses de idade podem tomar a vacina. Porém, os chamados grupos prioritários possuem uma indicação maior. São eles: gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), idosos, crianças menores de seis anos, idosos com 60 anos ou mais, pessoas com doenças crônicas (respiratórias, cardiológicas e diabetes) ou condições especiais, professores, profissionais da saúde, indígenas e população privada de liberdade

Para crianças de seis meses a menores de nove anos podem ser necessárias duas doses, caso seja a primeira vez que a criança esteja fazendo a vacina da gripe. A segunda dose é indicada após 30 dias da aplicação da primeira.

Se o indivíduo estiver com febre ou doente, existe alguma contraindicação?

Se a pessoa estiver com um quadro febril é indicado adiar a vacina. Não existe nenhum problema em vacinar pessoas com resfriado ou com algum tipo de dor. A contraindicação da vacina está relacionada a quadros de alérgica aos componentes da vacina, nestes casos é importante conversar com um médico.

Qual o prazo de efeito e duração da vacina?

A vacina demora cerca de 15 dias para começar a fazer efeito no organismo. Já o efeito máximo ocorre dois meses após a aplicação. A duração da imunização contra o vírus influenza é de cerca de seis a oito meses, após este período a quantidade de anticorpos começa a cair, até desaparecer do organismo da pessoa.

A vacina protege totalmente contra o vírus Influenza?

A vacina possui uma média de 80% de eficácia. E mesmo quem contrair alguma gripe após se vacinar, tende a sentir a doença de forma mais moderada.

O que eu preciso levar na hora da vacinação?

Para receber a dose da vacina contra a gripe, o Ministério da Saúde orienta que a população precisa levar ao estabelecimento a carteira de vacinação e um documento de identificação com foto (RG ou CNH).

Para vacinação no serviço público de saúde, as pessoas que possuem algum tipo de doença crônica ou condições clínicas, precisam apresentar uma prescrição médica. Os professores e profissionais da saúde precisam apresentar algum documento que comprove o vínculo de trabalho.

Sobre o Hospital

O Hospital Dia do Pulmão atua em Blumenau desde 1982, com prestação de serviços voltados ao diagnóstico e tratamento de doenças respiratórias. Destacam-se nesta trajetória pioneira, a introdução da fisioterapia respiratória e pneumologia pediátrica.

Além de atendimento nas áreas de pneumologia, alergologia, otorrinolaringologia e cirurgia torácica, o Hospital do Pulmão conta com serviço de Pronto Atendimento, consultórios, exames e tratamentos. Outro diferencial é a sala de vacina, reconhecida e acreditada pela Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), pela excelência dos profissionais, de suas instalações, de sua organização administrativa e funcional e obediência à legislação.


Bruna Gabriela Ziekuhr

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by