banner
Prefeitura Municipal de Indaial

Setor de Combate à Dengue de Indaial alerta sobre proliferação do mosquito Aedes aegypti também transmissor do vírus da Febre Amarela

Setor de Combate à Dengue de Indaial alerta sobre proliferação do mosquito Aedes aegypti também transmissor do vírus da Febre Amarela 1

Mapa de Focos

Devido à confirmação de um macaco bugio morto por Febre Amarela em Indaial, o setor de Combate à Dengue solicita aos munícipes que ajudem na eliminação de qualquer depósito com água parada, a fim de combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti no município, pois ele também pode transmitir o vírus da Febre Amarela na área urbana.

No ano de 2019 já foram encontrados 32 focos positivos de Aedes aegypti na rede de armadilhas, instaladas principalmente em comércios e empresas com grande fluxo de caminhões vindos de outros municípios, que acabam trazendo o mosquito junto.

Ao todo 14 pessoas foram notificadas com suspeita de dengue, duas foram confirmadas com o vírus, porém não se contaminaram dentro do município.

Os Agentes de Endemias estão trabalhando no tratamento de 32 focos, distribuídos nos bairros: Tapajós (9), Rio Morto (6), Nações (5), Encano do Norte (4), Sol (2), Estados (1), Mulde (1), Carijós (1), Estrada das Areias (1), Encano Baixo (1) e João Paulo II (1).

É fundamental que a população ajude, eliminando qualquer depósito que possa acumular água e que receba os Agentes de Endemias em suas casas.

O Aedes aegypti tem como criadouros os mais variados recipientes que possam acumular água parada. Os mais comuns são pneus sem uso, latas, garrafas, pratos dos vasos de plantas, caixas d’água descobertas, calhas, piscinas e vasos sanitários sem uso. A fêmea do mosquito pode, também, depositar seus ovos nas paredes internas de bebedouros de animais e em ralos desativados, lajes e em plantas como as bromélias.

Siga as orientações:

– Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar, coloque areia até a borda;

– Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;

– Mantenha lixeiras tampadas;

– Deixe os tanques utilizados para armazenar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;

– Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;

– Trate a água da piscina com cloro e limpe-a uma vez por semana;

– Mantenha ralos fechados e desentupidos;

– Lave com escova os potes de comida e de água dos animais, no mínimo uma vez por semana;

– Retire a água acumulada em lajes;

– Limpe as calhas, evitado que galhos ou outros objetos não permitam o escoamento adequado da água;

– Dê descarga, no mínimo uma vez por semana, em vasos sanitários pouco usados e mantenha a tampa sempre fechada;

– Evite acumular entulhos, pois podem se tornar criadouros do mosquito.


Graciely Guesser Ramos
Jornalista
Departamento de Comunicação
Prefeitura Municipal de Indaial

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by