banner
Política

Setor têxtil pode demitir 100 mil pessoas, alerta Peninha

Deputado Federal PeninhaO ano de 2015 não tem sido fácil para o setor de confecções no Brasil: no primeiro semestre, registrou-se queda de 8,9% na produção de tecidos, 10,2% na fabricação de roupas, 5% no volume de vendas e 1,8% de retração na receita nominal. Os dados são da ABIT – Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, e se comparam ao mesmo período do ano passado. “Como se já não bastasse a crise econômica, o setor sofre ainda com os arrochos colocados pelo governo, como é o caso da reoneração da Contribuição Patronal à Previdência”, criticou o deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC).

          No plenário da Câmara, Peninha ainda chamou a atenção para um problema grave, que está prestes a estourar: “No ano passado, este ramo produziu R$ 126 bilhões e gerou 1,6 milhão de postos de trabalho. Só em Santa Catarina, está alocada mais de 27% de toda a produção têxtil nacional. Mas os ventos começaram a mudar, e as alterações propostas pelo governo devem colocar cerca de 100 mil pessoas na rua”. De acordo com o CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o setor já demitiu 24 mil funcionários nos sete primeiros meses deste ano. Nos últimos 12 meses, as demissões superam as contratações em 61 mil vagas.                      Após desonerar a folha de pagamento do setor em 2014, reconhecendo a importância que ele representa para a economia, o governo voltou atrás e retirou este benefício das empresas. A medida, no entanto, ainda não é definitiva, porque precisará passar pelo crivo do Congresso Nacional. Nas próximas semanas, deputados e senadores se reunirão em sessão conjunta para avaliar a reoneração da Contribuição Patronal. “Estou liderando um movimento de mobilização dos parlamentares, aqui dentro da Câmara, para impedirmos que esta injustiça seja cometida. Votarei pela derrubada do veto presidencial que onera o setor têxtil, e continuarei trabalhando para convencer outros colegas de parlamento a seguirem este mesmo caminho”, assegurou Peninha.

 

Rafael Pezenti
Assessor de Imprensa – Deputado Federal Peninha (PMDB/SC)

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by