banner
Prefeitura Municipal de Indaial

Solenidade marca comemoração do 1º ano do Programa Reintegrar em Indaial

Nessa quinta, 2 de agosto, a Prefeitura de Indaial promoveu um evento comemorativo ao primeiro ano do Programa Reintegrar, um convênio firmado entre o Município e a Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania para inclusão de mão de obra de apenados no serviço público.

A solenidade ocorreu na EBM Profª Úrsula Kroeger e contou com a participação do prefeito André Moser; vice-prefeito Zelir Nezi; servidores da Prefeitura; vereadores; representantes da Unidade Prisional Avançada de Indaial; alunos, direção e profissionais da EBM Profª Úrsula Kroeger e comunidade local.

Em 2017, o Programa iniciou com a inclusão de oito apenados da Unidade Prisional Avançada de Indaial no setor de Limpeza Pública, sob supervisão da Secretaria de Urbanização e Meio Ambiente.

Com o bom desempenho do Programa, neste ano colocou-se em prática um segundo projeto com mais dois apenados: a reforma de conjuntos escolares (mesas e cadeiras). Inicialmente 30 conjuntos foram reformados e entregues na solenidade para a EBM Profª Úrsula Kroeger.

A restauração dos móveis é realizada na Unidade Prisional e contempla serviços como solda, pintura e substituição de madeira. A perspectiva é de que mais 170 conjuntos sejam consertados e destinados para outras escolas municipais. Com o projeto, a Prefeitura alcançou uma economia de 75%. Em média, cada conjunto novo sairia por R$256, com a restauração gasta-se R$66 na compra dos materiais.

“Temos vários pontos positivos com esse projeto. O primeiro, sem dúvidas, é a ressocialização do apenado no mercado de trabalho. Uma oportunidade de se descobrirem carpinteiros, jardineiros, um aprendizado novo. Depois temos a sustentabilidade, pois estamos reaproveitando mesas e cadeiras ao invés de descartá-las, e a redução de custos”, enfatiza o prefeito André Moser.

O Programa é uma forma de oportunizar uma segunda chance aos apenados aptos a participarem. Para cada apenado, a Prefeitura paga um salário mínimo mensal (75% desse valor vai para o preso e 25% para o fundo penitenciário estadual).

Fotos: solenidade, com falas do prefeito André Moser e do chefe de Segurança e Disciplina da Unidade Prisional Rodrigo Pinho, e alunos na sala onde estão os conjuntos reformados


Graciely Guesser Ramos
Jornalista
Departamento de Comunicação
Prefeitura Municipal de Indaial

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − 5 =

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Topo