banner
Futebol Americano

T-Rex vence Crocodiles e chega a segunda vitória seguida na BFA

T-Rex vence Crocodiles e chega a segunda vitória seguida na BFA 1O T-Rex venceu a equipe do Coritiba Crocodiles por 19 a 14 na tarde de domingo, 01 de setembro, em jogo disputado no Complexo Esportivo de Timbó, válido pela quarta rodada da Liga BFA Elite – Conferência Sul. Para o T-Rex, esta foi apenas a terceira partida porque a equipe folgou na terceira rodada. Os pontos da equipe da casa foram marcados pelo wide receiver #4 Guilherme Meurer, com dois touchdowns, e pelo kicker #8 Diego Boddenberg, com dois field goals convertidos, além de um extra point, somando sete pontos.

O jogo

Quem começou pontuando na tarde chuvosa de Timbó foi o Crocodiles, que abriu o placar com um safety, após a bola sair pela end zone em um bad snap do time de punt do Rex. A primeira parte do jogo foi muito rápida, já que as equipes utilizaram muitas corridas para procurar o avanço no campo. Porém, foi de uma conexão que o Rex conseguiu tomar a frente do Placar. O quarterback #7 Bassani encontrou o wide receiver #4 Guilherme Meurer sozinho no meio da defesa do Croco, que recebeu o passe dentro da end zone para marcar os primeiros pontos da equipe na partida. O kicker #8 Diego Boddenberg converteu o extra point para arredondar o placar: T-Rex 7×2 Coritiba Crocodiles, placar que se manteve até o intervalo da partida.

O ataque do Coritiba Crocodiles iniciou o terceiro quarto com a posse de bola e conseguiu retomar a liderança no placar. Um passe longo do quarterback #4 Mamão encontrou o wide receiver #3 Bernardo na entrada da end zone que, marcado por dois jogadores, conseguiu a recepção para marcar o touchdown. O extra point acabou bloqueado pela defesa do Rex, deixando a diferença no placar de apenas um ponto.

O Rex volta a tomar a frente do placar com um field goal do kicker #8 Diego Boddenberg, em um chute de aproximadamente 13 jardas, ainda no terceiro quarto. Já no último quarto de partida o kicker voltou a campo para colocar a bola no meio do Y novamente, marcando seu segundo field goal na partida em um chute de 18 jardas. Neste momento, T-Rex 13×08 Coritiba Crocodiles.

O ataque comandado pelo quarterback Mamão entrou em campo procurando saídas para avançar e retomar a vantagem no placar, porém a defesa do Rex sobressaiu e obrigou a equipe a devolver a bola ao Rex que, com a vantagem no placar, soube administrar o jogo ofensivo e avançou com boas corridas dos running back’s #23 Clair José e #38 Sabonete, até o quarterback #7 Bassani conectar um passe, novamente, para o wide receiver #4 Guilherme Meurer receber no fundo do campo e só correr para a end zone para marcar seu segundo touchdown na partida. O Rex tentou uma jogada ‘engraçadinha’ para anotar o mini touchdown, que somaria mais dois pontos no placar, porém não teve sucesso. Vantagem de 11 pontos no placar para os donos da casa.

A partida ainda guardava muita emoção em seus minutos finais. O time da capital paranaense não se deu por vencido e conseguiu diminuir a desvantagem faltando 1 minuto e 8 segundos para o fim do jogo, em uma conexão do quarterback com o wide receiver #89 Ocho Nueve. Por necessidade, o time procurou o mini touchdown, sem conversão. Nessa altura o placar no Complexo Esportivo marcava T-Rex 19×14 Coritiba Crocodiles.

No chute de reinicio para a partida, o Crocodiles fez um onside kick, quando o time de chute executa o lance procurando a posse de  bola, ao invés de ‘entrega-la’ ao adversário, e conseguiu! O ataque do Croco voltava a campo com pouco menos de 1 minuto no relógio. Os comandados pelo quarterback #4 Mamão conseguiram bons avanços, porém a defesa do Rex se mostrou muito concentrada na partida e não permitiu que a equipe marcasse mais pontos. A bola voltou para a posse do ataque do Rex, onde o time só ajoelhou na bola para decretar o fim da partida e a segunda vitória do Rex na competição.

O CAMPEONATO

Com esse resultado, o T-Rex se encontra na terceira colocação da Conferência Sul, atrás de Santa Maria Soldiers e Gaspar Black Hawks, ambos com três vitórias em três jogos. A equipe catarinense já ‘vira a chave’ e começa, nesta semana, a preparação para o próximo desafio: o time recebe o rival estadual Istepôs, no dia 13 ou 14 de setembro. Os times se enfrentaram por último na final do Campeonato Catarinense de Futebol Americano 2019, onde o Rex conquistou seu quinto título estadual com uma virada no placar.

Assessoria de Comunicação T-Rex Sports Academy | @rex4life

Topo
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by