Timbó é precursora no projeto de IG – Indicação Geográfica da Linguiça tipo Blumenau

Timbó é precursora no projeto de IG – Indicação Geográfica da Linguiça tipo Blumenau

1 de junho de 2020 Off Por Redação

Na manhã desta segunda-feira, dia 1º de junho, o setor de Turismo de Timbó se reuniu para discutir a IG – Indicação Geográfica da Linguiça tipo Blumenau. O objetivo é criar uma identificação do produto com o Vale Europeu. “Timbó é precursora no projeto e quer mostrar que a linguiça tipo Blumenau é um produto genuinamente de uma região restrita do Vale Europeu, que atravessou um século sendo produzida com a mesma receita artesanal trazida pelos colonos alemães”, comenta a gestora de Turismo, Cíntia Mara Panini.

Segundo ela, para que esta linguiça mantenha essa identidade regional a Prefeitura de Timbó, através do Departamento de Turismo e dos frigoríficos, estão empenhados em obter o selo da IG.

De acordo com o Ministério da Agricultura, esse registro é conferido a produtos ou serviços que são característicos do seu local de origem, o que lhes atribui reputação, valor intrínseco e identidade própria, além de os distinguir em relação aos seus similares disponíveis no mercado. São produtos que apresentam uma qualidade única em função de recursos naturais, como o saber fazer.

O projeto tem apoio e consultoria do Sebrae, e os frigoríficos firmaram o compromisso de criar a associação dos produtores de linguiça no Vale Europeu. A intenção é que a entidade discuta a profissionalização da atividade, além da proteção à marca Linguiça Blumenau.

Assessora: Aline Brehmer/Ascom PMT
Foto: Divulgação