UniAvan libera mais de 2 milhões de reais para auxiliar alunos da graduação

UniAvan libera mais de 2 milhões de reais para auxiliar alunos da graduação

9 de junho de 2020 Off Por Redação

Benefício vale apenas para quem fizer a rematrícula nos cursos presenciais e EAD.

 

O Centro Universitário Avantis – UniAvan, em Balneário Camboriú, decidiu lançar uma campanha de rematrícula para auxiliar seus alunos a não desistirem do sonho da graduação. Com isso, cada acadêmico que já estuda na instituição irá receber um cheque especial para ajudar nas despesas do curso superior e poderá decidir como usar o valor durante todo o semestre. O objetivo da iniciativa é ajudar os acadêmicos a não interromperem a graduação motivados por problemas financeiros, causados pelo período de isolamento social devido a pandemia do coronavírus. A decisão tomada pelos sócios do Centro Universitário irá conceder um pacote de mais de 2 milhões de reais aos estudantes.

Segundo o Presidente da instituição, Mohamad Hussein Abou Wadi, a iniciativa é um incentivo para que os futuros profissionais não parem suas carreiras. “A UniAvan sempre cresceu na contramão da crise e estamos vivendo um momento inédito no mundo. Já está muito claro que pessoas com formação terão mais oportunidades não só agora, mas também no período pós-pandemia. Mais do que nunca é o momento de investirmos em educação e encontrar maneiras eficientes para que nossos alunos não parem de estudar e realizem seus sonhos”, destacou Mohamad.

Ainda de acordo com o presidente, a ideia de fazer um “cheque” busca dar autonomia para que o estudante utilize o valor da forma que achar melhor. “Cada um sabe das suas necessidades neste momento. Ele pode usar como desconto em uma mensalidade ou diluir o valor no semestre, por exemplo. A UniAvan sempre foi flexível e buscou facilitar o acesso ao ensino superior. Estamos juntos nessa”, explicou o presidente.

Para ter direito ao benefício, os acadêmicos devem realizar suas rematrículas entre os dias 15 e 30 de junho. Após esta formalização, cada estudante já terá acesso ao valor para utilizar no setor financeiro-acadêmico.

Esforços para manter o investimento em educação e fomentar a economia da região

Desde o início da paralisação diante do enfrentamento do coronavírus, o Centro Universitário Avantis – UniAvan passou por dificuldades financeiras e instabilidade. Apesar da incerteza quanto a reabertura oficial e a retomada integral de suas atividades, a instituição se esforça para manter colaboradores e alunos.

O trabalho home-office foi implantado e mesmo após o decreto que libera o trabalho presencial a empresa continua priorizando esta modalidade para manter os funcionários e suas famílias seguros. Além disso, contratos foram mantidos para que os colaboradores pudessem superar este momento com mais tranquilidade.

A crise econômica já em curso por conta da pandemia está afetando principalmente os mais jovens — que há pouco entraram no mercado de trabalho ou prestes a entrar nele, ou seja, atingiu diretamente o público-alvo da instituição. A UniAvan sentiu os reflexos da recessão econômica prematuramente e teve que reavaliar projetos e estratégias para continuar incentivando os atuais e futuros acadêmicos a investirem em suas carreiras.

Para os atuais alunos, além do atendimento online rápido e eficiente, para tratar de questões financeiras e educacionais individualmente, aulas online foram estruturadas para manter a mesma qualidade do ensino presencial.

Com o intuito de ajudar novos acadêmicos a realizar o sonho da graduação, a UniAvan lançou durante este período a campanha “Estude agora, pague em 2021”. O objetivo é motivar a região a começar um curso EAD ainda em 2020, concedendo a vantagem de se preocupar com os pagamentos apenas no próximo ano.

Os sócios da instituição estão desenvolvendo a cada semana novas medidas e estratégias para driblar as dificuldades e continuar colaborando com a economia da região, mantendo os acadêmicos motivados com o desenvolvimento profissional.


Roberta Watzko