banner
Blumenau

Unimed Blumenau se mobiliza para ações em prol da Hora do Planeta

Pelo sétimo ano consecutivo participando do movimento, a cooperativa vai apagar as luzes da fachada e do pronto atendimento.

Comprometida com a sustentabilidade e a responsabilidade social, a Unimed Blumenau vai participar novamente da Hora do Planeta, movimento voluntário para chamar a atenção do mundo para um grave problema: o aquecimento global. No sábado, dia 30 de março, das 20h30min às 21h30min, pessoas e instituições do Brasil e do mundo terão a chance de mostrar seu compromisso com o meio ambiente através do simples ato de apagar as luzes por uma hora.

Nesta edição, as luzes da fachada da operadora e do pronto atendimento serão apagadas e a recepção do pronto atendimento terá durante o período as lâmpadas substituídas por lanternas solares. Para os clientes que estiverem no local, a cooperativa vai entregar uma vela alusiva ao movimento.

“Com essa ação, buscamos incentivar colaboradores, cooperados, clientes e a comunidade em geral, para uma reflexão sobre o aquecimento global e também sobre a necessidade da prática do consumo consciente. Acreditamos que, no futuro, possamos viver de forma mais harmoniosa com a natureza”, ressalta o presidente da Unimed Blumenau, Dr. Alexandre José Ferreira.

É a sétima vez consecutiva que a cooperativa adere ao movimento internacional, sendo a segunda empresa brasileira a se cadastrar para participar da Hora do Planeta. A iniciativa surgiu com o Projeto Consumo Consciente, do setor de Responsabilidade Social da empresa. Com essa ação, a cooperativa mostra sua preocupação constante em ações para minimizar os impactos ambientais.

Hora do Planeta

A iniciativa mundial é da Rede WWF para enfrentar as mudanças climáticas, realizada desde 2007. No primeiro ano, apenas a cidade de Sydney (Austrália) participou. Já em 2008, o movimento contou com a participação de 50 milhões de pessoas, de 400 cidades em 35 países. Em 2018, o movimento teve a participação de cidades e municípios em 188 países e territórios, contabilizando mais de 17 mil ícones ou monumentos apagados. O Brasil tem uma grande participação no movimento, envolvendo mais de 100 cidades e 1.500 monumentos.


Presse Comunicação

Topo
Open chat
1
Olá,
Qualquer duvida entre em contato pelo nosso WhatsApp do Portal Timbó Net.
Powered by