Volta às aulas em Indaial inicia nos dias 1º e 10 de fevereiro com turmas alternadas e ações de prevenção ao Coronavírus

Volta às aulas em Indaial inicia nos dias 1º e 10 de fevereiro com turmas alternadas e ações de prevenção ao Coronavírus

13 de janeiro de 2021 Off Por Redação

 

 

A partir do dia 1º de fevereiro, segunda-feira, as crianças de 4 anos ao 9º ano da rede municipal de ensino poderão retornas às atividades escolares. O retorno seguirá uma série de orientações de prevenção à COVID-19 devido a realidade de pandemia que ainda estamos vivendo. No dia 10 de fevereiro, será o início das atividades para as crianças de 0 a 3 anos das Unidades de Educação Infantil.

Segundo Decreto Estadual nº 1.003 de 14 de dezembro de 2020, a educação tornou-se prioridade e serviço essencial, possibilitando o retorno às aulas. Mas todas as diretrizes sanitárias precisam ser seguidas.

O retorno ao ensino presencial é uma opção da família. Não existe obrigatoriedade. Os pais irão assinar um termo de compromisso e responsabilidade caso não queiram enviar seus filhos à escola, para que possam realizar as atividades à distância, em suas casas, sem prejudicar a vida escolar dos alunos.

O calendário de volta à aulas foi aprovado pelo Conselho Municipal de Educação. O retorno ocorrerá de modo alternado seguindo as restrições e orientações exigidos pela Vigilância Sanitária. Será permitida a capacidade máxima de 50% dos estudantes, conforme normativas.

Para garantir ainda mais a segurança e a prevenção dos alunos e professores, na semana do dia 25 a 29 de janeiro, as direções das escolas municipais e da educação infantil estarão organizando o processo logístico para as turmas e com as famílias, sobre a volta às aulas. A própria direção das Unidades fará o contato com as famílias.

É importante destacar que essas restrições não são realizadas pela gestão de Indaial, mas sim pelo Governo Federal e Estadual. A Gestão apenas segue as normativas conforme exige a lei.

O transporte escolar volta com regramentos sanitários. Na entrada do ônibus escolar haverá aferição de temperatura. Caso o aluno apresente uma aferição de 38,5 ou acima, não será autorizado a entrar no transporte escolar. Por isso é essencial os pais acompanharem seus filhos, caso a criança tenha algum sintoma. O uso da máscara será obrigatório em todos os ambientes. No caso das crianças menores de 2 anos, a pediatria não indica a utilização de máscara.

Para o secretário de Educação Jairo Gebien, a participação da família nesse processo de adaptação será fundamental principalmente para orientar as crianças sobre as ações de prevenção e a continuidade das atividades remotas.

Na educação especial o retorno também será optativo pelas famílias. Todas as ações de prevenção e o funcionamento das atividades nas escolas estão descritas no plano municipal de contingência que foi criado pelas Unidades no segundo semestre de 2020. Haverá alteração na logística escolar, nas salas de aulas e também nos momentos de recreação.

“Estamos retornando as atividades fazendo o máximo possível para a prevenção dos alunos e profissionais. Estamos ainda em meio a pandemia por isso cada um precisa fazer a sua parte. É uma fase de adaptação e inúmeros cuidados para nossos alunos. Nosso compromisso é com a saúde de nossas crianças e com as normativas criadas pelo Estado e Governo Federal”, disse o Prefeito André Moser.

Formação dos Profissionais

Nos dias 25 a 29 de janeiro haverá também uma formação pedagógica aos profissionais da educação com importantes informações e treinamento a respeito das normativas de prevenção à COVID-19, de acordo com os planos de contingência.

Turmas alternadas

O retorno das turmas ocorre em forma de rodízio para que as instituições municipais possam garantir o distanciamento dos alunos e manter os 50% estipulado pelas normativas. Enquanto alguns alunos estão na escola com atividades presenciais, outros estarão em casa em atividades remotas. Será aplicado em todas as áreas da educação municipal, incluindo as creches.

Para sanar dúvidas ou obter mais informações, entrar em contato com a Secretaria de Educação pelo fone (47) 3317-4145.