Central Ailos tem mais de 150 vagas para o setor de tecnologia

Central Ailos tem mais de 150 vagas para o setor de tecnologia

23 de março de 2021 Off Por Redação

 

 

Recrutadores dão dicas para quem quer trabalhar na área

          Uma das áreas que vem mostrando grande crescimento nos últimos tempos é a de tecnologia, e o mercado está buscando, cada vez mais, profissionais qualificados para preencher as vagas de emprego disponíveis. A Central Ailos, que faz parte do sistema de cooperativas de crédito que conta com 13 cooperativas e mais de 1 milhão de cooperados, tem 150 vagas disponíveis no momento apenas para o setor tecnológico. Para preencher estas vagas, são necessárias algumas qualificações, além de preparo para as entrevistas. Por isso, recrutadores da Central Ailos separaram algumas dicas importantes para quem está interessado em ingressar na área:

Busque a qualificação ideal para você

Existem várias opções de educação formal disponíveis hoje no mercado. Para quem quer trabalhar com desenvolvimento de software, por exemplo, há graduações como Ciência da Computação, Sistemas de Informação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas, etc. Há, ainda, cursos técnicos, formações rápidas – o Entra21 da Blusoft, por exemplo – e um leque de certificações interessantes para cada área. Uma boa dica é colocar no papel o que você quer fazer, quais cursos e certificações são recomendados para atingir o seu objetivo e começar a partir daí.

 

Entenda que tecnologia não é só desenvolvimento

É claro que ter afinidade com desenvolvimento é um plus, mas você não precisa ser um profissional com habilidades 100% técnicas para trabalhar com tecnologia. Na Central Ailos há vagas na área para squad de sites e portal, por exemplo, que são voltadas para quem tem experiência no mercado de comunicação. Ou seja, tem espaço para todo mundo!

Escolha a área certa para o seu objetivo

A área a seguir vai depender do seu objetivo, perfil profissional e afinidade com a área. Por exemplo: se você tem habilidades como raciocínio lógico, capacidade analítica e conhecimento em inglês (mesmo que técnico), talvez a área de desenvolvimento e análise de sistemas seja para você. Já se você se comunica bem, gosta de lidar com pessoas e buscar soluções para problemas complexos, que tal a área de suporte? Faça uma autoanálise de suas principais skills, suas metas de carreira e aí, então, busque vagas que estejam alinhadas a isso.

Esteja sempre envolvido em eventos

Uma das formas de estar sempre conectado com a área e fazer networking com profissionais estratégicos é participar de talks, webinares, congressos e demais eventos ligados a tecnologia. Mesmo durante o período de pandemia, eles continuam acontecendo de forma online, então vale ficar ligado para não perder. Outra dica é seguir nas redes sociais as empresas do seu interesse, para estar sempre de olho no conteúdo que elas mesmas divulgam para o mercado e a comunidade. No LinkedIn da Central Ailos, por exemplo, há sempre divulgação de lives sobre diversos temas para quem quer estar ligado no mercado.

Se prepare para a entrevista de emprego

Além da preparação básica para qualquer entrevista de emprego (estudar a empresa, a vaga e fazer um apanhado da sua carreira até o momento), quem vai passar por um processo seletivo na área de tecnologia deve prestar atenção a alguns pontos. Se prepare para perguntas mais técnicas, além de solicitações de exemplos de soluções para determinado problema. Nesse caso, tenha calma e procure transmitir não apenas a resposta certa, mas a sua capacidade de construir e apresentar um raciocínio lógico. Também é interessante listar e exemplificar experiências como projetos importantes e situações de resolução de problemas que você já viveu.

Conheça os diferenciais do profissional tech

O profissional de tecnologia que se destaca é criativo, gosta de desafios, tem cabeça de dono, boa comunicação e conhece a fundo as tecnologias intrínsecas ao negócio. Acima de tudo, são pessoas apaixonadas pela área, que querem fazer a diferença e estão em busca da transformação digital.

E o que mais?

Neste momento delicado que estamos vivendo, e que já estão sendo definidos os formatos e as prioridades do mercado no futuro, é interessante buscar por empresas que estejam atentas ao bem-estar do colaborador. Seja oferecendo a possibilidade de trabalhar de casa, acompanhando de perto os níveis de felicidade e satisfação do colaborador ou disponibilizando programas de acolhimento para cuidados com a saúde mental. O foco nas pessoas é essencial. Os profissionais da Central Ailos, por exemplo, contam com a plataforma Auster, que tem três modalidades de apoio: psicológica, jurídica e financeira. Todo o serviço prestado, via ligação telefônica, é totalmente confidencial e gratuito, disponível para colaboradores e seus dependentes legais (cônjuges e filhos). Outro ponto interessante é entender se a cultura organizacional da empresa tem a ver com você. Práticas, hábitos, comportamentos, valores, princípios, políticas: tudo isso conta na hora de tomar a melhor decisão.

Vale lembrar que se você quer trabalhar com tecnologia, a Central Ailos está oferecendo mais de 150 vagas para áreas como sistemas, segurança da informação, PMO, data center, qualidade, configuração, microinformática, canais digitais, arquitetura, inovação, entre outras. Para se candidatar, basta acessar a página de vagas e selecionar “Central Ailos” clicando aqui.

Sobre o Ailos

Constituído em 2002, Ailos é um Sistema de Cooperativas de Crédito e conta com mais de 1 milhão de cooperados, uma cooperativa central, 13 cooperativas singulares, mais de 200 postos de atendimento e R$ 11 bilhões em ativos. Com atuação nos três estados do Sul do país, possui cerca de 4 mil colaboradores, contribuindo e promovendo o crescimento sustentável e desenvolvimento social das comunidades onde atua. As cooperativas singulares que compõem o Ailos são: Acentra, Acredicoop, Civia, Credcrea, Credelesc, Credicomin, Credifoz, Crevisc, Evolua, Transpocred, Únilos, Viacredi e Viacredi Alto Vale.

Sistema Ailos


Oficina das Palavras:
Elaíse Cidral