Coluna Escoteira – por Rogerio Gessner 30/04/2021

Coluna Escoteira – por Rogerio Gessner 30/04/2021

30 de abril de 2021 Off Por Redação

 

 

23 de abril é o dia mundial do Escotismo

Dia 23 de abril é o dia mundial do escotismo. Você já ouviu falar do escotismo? O movimento educacional oferece atividades variadas para crianças, adolescentes e jovens do mundo todo, estimulando a autonomia, liderança, preocupação com o próximo e com o meio ambiente, além de seu próprio desenvolvimento.

    O movimento escoteiro foi criado pelo londrino Baden-Powel (1857-1941), um tenente-general do Exército Britânico. Foi pensado para os meninos, mas as atividades foram adaptadas devido ao grande interesse feminino;

    O termo “escoteiro” vem da palavra Scout, que significa batedor ou explorador;

    Os escoteiros têm um aperto de mão especial, feito com a mão esquerda e entrelaçando os dedos mínimos. O gesto surgiu de uma tribo guerreira visitada por Baden-Powel e representa confiança e união;

    Apenas seis países do mundo não têm atividades do movimento escoteiro;

    Anualmente, os escoteiros realizam, aproximadamente, 50 milhões de horas de serviço comunitário no mundo;

    Segundo a União dos Escoteiros do Brasil, no Brasil, existem mais de 100 mil escoteiros em 671 cidades, reunindo mais de 1,4 mil grupos escoteiros;

    Ao ingressarem no movimento, os escoteiros realizam a promessa, firmando um compromisso de vida. Não há leis proibitivas, mas sim conceitos que visam a formação de pessoas bondosas e de caráter;

    Uma das bases do movimento é o aprendizado pela prática e a vida em equipe é muito prezada, pois permite que os escoteiros desenvolvam a capacidade de liderança e cooperação;

    São princípios do escotismo: dever para com Deus (crença e vivência de uma fé, independentemente de qual seja), dever para com os outros (participação na sociedade, boa ação, serviço ao próximo) e dever para consigo próprio (crescimento saudável e auto desenvolvimento);

    As atividades escoteiras incluem jogos, capacitação em técnicas úteis estimuladas por um sistema de distintivos, vida ao ar livre, integração com a comunidade, entre outros, tudo isso em um ambiente fraterno;

    A evolução de cada jovem é acompanhada individualmente por um adulto voluntário, que identifica suas qualidades e deficiências a fim de orientá-lo da melhor forma.

Coluna Escoteira – Espaço reservado para divulgar atividades de grupos Escoteiros. (Timbó, Indaial e Pomerode) e demais munícios que possuam atividade Escoteira na nossa microrregião. Envie seu e mail: [email protected]