Com apoio da Prefeitura, Rede Feminina planeja início das atividades em Ascurra

Com apoio da Prefeitura, Rede Feminina planeja início das atividades em Ascurra

30 de abril de 2021 Off Por Redação

 

 

A Rede Feminina de Combate ao Câncer iniciará sua atividade em Ascurra em 2021. Nesta semana, o prefeito Arão Josino teve a primeira reunião com duas representantes do grupo de mulheres que está começando a entidade em nosso município. Cátia Grava e Damaris Badalotti apresentaram o projeto, que tem como principal objetivo fazer o trabalho de prevenção, assistência e acompanhamento de quem luta contra o câncer.

A Prefeitura de Ascurra irá ser parceira desta iniciativa, neste momento, auxiliando com o local para a instalação da entidade no município. A estrutura da antiga escola Balão Mágico, no bairro Monte Alegre, será a sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer. Na tarde de quinta-feira o prefeito, vice-prefeito Soires Trentini e as representantes da organização estiveram visitando o local.

Agora, será solicitada a aprovação da Câmara de Vereadores para a sessão de uso do prédio pela Rede Feminina. Pelos próximos 60 dias, a estrutura passará por reformas para ser adequada para as necessidades da RFCC. Uma dessas melhorias será a instalação de um ambulatório médico. A expectativa é que os trabalhos nesta unidade iniciem no segundo semestre de 2021.

Até o ano passado, a Diretoria de Cultura estava ocupando esta estrutura. Agora, este departamento passa a funcionar no anexo do Colégio São Paulo. Futuramente, a Cultura de Ascurra também terá um local próprio no Parque Per Tutti.


Richard Ferrari – Assessor de Imprensa da Prefeitura de Ascurra