Equipes do Governo continuam trabalhos no Alto Vale do Itajaí; número de mortes chega a 17

Equipes do Governo continuam trabalhos no Alto Vale do Itajaí; número de mortes chega a 17

21 de dezembro de 2020 Off Por Redação

 

 

O Governo do Estado continua atuando na Região do Alto Vale do Rio Itajaí em apoio aos municípios e famílias atingidas pelas fortes tempestades na última semana. O relatório divulgado pela Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC) na manhã desta segunda-feira, 21, contabiliza 17 óbitos, sendo 14 registrados em Presidente Getúlio, dois em Rio do Sul e um em Ibirama. Equipes do Corpo de Bombeiros Militar seguem as buscas a quatro desaparecidos.

A operação está sendo realizada de forma integrada com as instituições do Grupo de Ações Coordenadas (GRAC), que está instalado em Rio do Sul. Dentre elas estão DCSC, Corpo de Bombeiros Militar de SC (CBMSC), Polícia Militar (PMSC), Instituto Geral de Perícias (IGP), Celesc, Cidasc, Epagri, Secretaria de Estado da Saúde, Polícia Civil, dentre outras.

>> Relatório na íntegra aqui

Conforme a Defesa Civil, estão em atendimentos às situações de assistência às vítimas e o restabelecimento dos serviços. O levantamento de danos e prejuízos permanece. No boletim das 7h desta segunda-feira, foram contabilizados 184 desabrigados e 155 desalojados.

Até o momento, 25 municípios enviaram informações de ocorrências provocadas pelas tempestades. O repasse de itens de assistência humanitária está sendo realizado para as famílias atingidas. São mais de 8 mil itens liberados, como colchões, kits de acomodação, limpeza e higiene, água potável e cestas básicas.

Os municípios de Rio do Sul, Ibirama, Aurora, Vidal Ramos, Palhoça, Apiúna e Ascurra encaminharam o Decreto Municipal de Situação de Emergência. Presidente Getúlio já tem reconhecimento federal do estado de calamidade pública.

Buscas e restabelecimento de serviços

Em Presidente Getúlio, as equipes do CBMSC permanecem nas buscas de desaparecidos. A equipe do Batalhão de Ajuda Humanitária do CBMSC está atuando na distribuição de donativos e na limpeza e desobstrução de vias na área central da cidade. O Batalhão de Operações Aéreas dá suporte com a aeronave Arcanjo 03 nas buscas e transporte de equipes para as áreas atingidas.

Já os soldados do Exército atuam na desobstrução e limpeza de vias para que o município de Presidente Getúlio possa voltar à normalidade. Participam militares do 23° Batalhão de Infantaria da Cidade de Blumenau e do 5° Batalhão de engenharia de Carros Blindados, sediado na cidade de Porto União.

Recomendações da Defesa Civil

A Defesa Civil de Santa Catarina recomenda não transitar em áreas alagadas. A atenção deve ser redobrada para sinais de problemas nas estruturas nas residências. Rachaduras, paredes inclinadas, portas e janelas com dificuldade para fechar são alguns desses indícios.

Já nas proximidades de barrancos ou encostas, devem ser observados postes e árvores inclinados que indicam movimentação do solo ou risco de deslizamento.

Quando constatado qualquer sinal de problemas, a indicação é deixar o local e acionar a Defesa Civil municipal ou o Corpo de Bombeiros Militar.

>> Leia também:

Governador Carlos Moisés e presidente Bolsonaro sobrevoam municípios do Alto Vale atingidos por enxurrada


Flávio Vieira Júnior
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Defesa Civil – DC