Operação veraneio: mais prevenção para Indaialenses e turistas

Operação veraneio: mais prevenção para Indaialenses e turistas

23 de dezembro de 2020 Off Por Redação

 

 

Na manhã desta quinta-feira, dia 17 de dezembro, foram finalizadas as instalações das Placas de Sinalização de Risco de Morte. A sinalização tem por objetivo promover o alerta para a segurança na utilização de locais de banho. A implantação das placas foi realizada em pontos de grande concentração de banhistas e contou com a participação da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Planejamento, Demuttin, Corpo de Bombeiros Voluntários e Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. Ao todo foram implantadas cinco (5) placas informativas.

Os locais foram mapeados por meio de GPS e poderão ser acessados para consulta. Pedimos a participação da comunidade a fim de preservarmos estas sinalizações que salvam vidas.

A prevenção depende de todos

Segundo o Sgt Campestrini a atenção aos riscos de acidentes aquáticos não podem ser negligenciados, tendo em vista que “segundo a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático e o CBMSC, a cada 84 minutos morre um brasileiro afogado, 51% ocorrem até os 29 anos de idade, 75% desses óbitos ocorrem em rios e represas (água doce), uma realidade em nossa Cidade”.

Além do afogamento outro fator importante são os traumas (quedas) por mergulho em águas rasas que podem afetar a coluna cervical de forma irreversível. Desta forma evite brincadeiras de empurrar, não mergulhe de cabeça, não pule em locais rasos e/ou desconhecidos e em hipótese alguma deixe uma criança sozinha.

Cuidado com as crianças

A frase mais comum que escutamos após um afogamento é “Foram só alguns segundos, eu juro”. Estes segundos são o tempo suficiente para a ocorrência de um afogamento com trágico resultado. (SOBRASA, 2018). É preciso prestar atenção e ficar atento.