ENTRE-teatroperformativo traz a Santa Catarina a oficina on-line ENTRE: práticas e teorias do corpo em arte, nos dias 28, 29, 30 de abril e 1 de maio

ENTRE-teatroperformativo traz a Santa Catarina a oficina on-line ENTRE: práticas e teorias do corpo em arte, nos dias 28, 29, 30 de abril e 1 de maio

29 de março de 2021 Off Por Redação

 

 

A ação é gratuita e será ministrada pela artista e professora Doutora em Artes Cênicas, Angelene Lazzareti

 

 

Quais os caminhos possíveis para construção de um corpo sensível? Como pensar um corpo que está à escuta e que se abre ao entre de si e dos corpos uns com os outros? Como criar a partir do entre no campo performativo? Estas são algumas das questões que norteiam o projeto ENTREcorpos, da ENTRE-teatroperformativo, que traz a Santa Catarina a oficina on-line ENTRE: práticas e teorias do corpo em arte, ministrada pela artista e professora Doutora em Artes Cênicas, Angelene Lazzareti, nos dias 28, 29, 30 de abril e 1 de maio. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo link http://bit.ly/incrições-entrecorpos, de 29 de março (a partir do meio-dia) até 02 de abril (às 23h59). Serão 15 vagas e cinco destas destinadas às ações afirmativas (população indígena, população negra, e população LGBTQI+ priorizando pessoas trans). A oficina faz parte dos desdobramentos do projeto ENTREcorpos e é destinada a artistas, estudantes das artes, residentes em todas as regiões do Estado de Santa Catarina. A lista de selecionados será divulgada no dia 19 de abril pelo Instagram @entre_teatroperformativo

“O projeto ENTREcorpos explora a noção de ‘entre’ como campo de saber: os entre-lugares que pulsam em nosso próprio corpo a partir do cruzamento entre memórias, saberes, culturas, pulsões orgânicas e subjetivas, e, ainda, os espaços e forças produzidos entre os corpos no acontecimento artístico. A escuta é trabalhada como princípio artístico, como ação realizada não apenas pelos ouvidos, mas pelo corpo todo. Para escutar o ‘entre’ é preciso escutar o corpo”, comenta a orientadora da pesquisa, Angelene.

“A investigação acontece nas cidades de Blumenau (SC) e Foz do Iguaçu (PR), com encontros realizados na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), na Secretaria Municipal de Cultura e Relações Institucionais de Blumenau e, também, de forma on-line. Como contrapartida, além da oficina, haverá ainda no mês de maio um encontro de compartilhamento para apresentar à comunidade o processo desta investigação”, explica o pesquisador Rafael Koehler.

O projeto ENTREcorpos é premiado pelo Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura (2019), que conta com apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura com recursos do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura∕Artes – Edição 2019.

SERVIÇO
Oficina on-line ENTRE: práticas e teorias do corpo em arte, ministrada por Angelene Lazzareti
Nos dias 28, 29 e 30 de abril, das 19h às 21h30, e no dia 01 de maio, das 15h às 17h30 (via link enviado pela produção)
Inscrições gratuitas de 29 de março (a partir do meio-dia) até 02 de abril, somente pelo link http://bit.ly/incrições-entrecorpos (limitada a 15 pessoas, 5 vagas destinadas à ações afirmativas –  população indígena, população negra, e população LGBTQI+ priorizando pessoas trans)
O critério de seleção dos participantes será por ordem de inscrição
Tempo de duração total da oficina: 10 horas, com certificado de participação.

ANGELENE LAZZARETI
Artista, professora e produtora cultural, Doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Mestre em Artes Cênicas pela mesma Universidade e Graduada em Artes-Teatro pela Fundação Universidade Regional de Blumenau. Professora da Universidade Federal da Integração Latino-Americana, lotada no Instituto Latino-Americano de Arte, Cultura e História. Investigadora do campo das Artes, trabalha sobre as linhas: Processos de criação artística; Estudos do corpo; e Poéticas do “entre”. Como artista, trabalha na intersecção entre diferentes linguagens como artes da cena, performance, fotografia e audiovisual, articulando entre-lugares a partir do encontro e da interação artística destes campos. Atua como pesquisadora no Grupo de Pesquisa CNPq Palavra, Vocalidade e Escuta nas Artes Cênicas e Radiofônicas. E, atualmente, é coordenadora do Projeto de Pesquisa “Poéticas do ENTRE: Corpo, Escuta e Criação Artística”, em execução na Universidade Federal da Integração Latino-Americana.

RAFAEL KOEHLER
É ator, diretor, professor e pesquisador no campo das Artes Cênicas e da Educação. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com a pesquisa “Teatro na Educação Infantil: entre o jogo e a performance”. Graduado em Artes com habilitações em Licenciatura e Bacharelado em Teatro – Interpretação Teatral, pela Fundação Universidade Regional de Blumenau. Integrante do projeto de pesquisa “Poéticas do ENTRE: Corpo, Escuta e Criação Artística”, em execução na Universidade Federal da Integração Latino-Americana. Co-fundador e integrante do Grupo K-Teatro de 2005 a 2018, que em janeiro de 2019 alterou o nome para ENTRE-teatroperformativo, no qual continua integrante. Como ator, trabalhou em 11 espetáculos teatrais e em quatro espetáculos como diretor. Professor de teatro desde 2005, ministrando aulas de teatro para crianças de três a cinco anos. Membro do Movimento Temporada Blumenauense de Teatro, organização que coordenou de 2007 a 2009, e durante o ano de 2014, e da Federação Catarinense de Teatro (FECATE). Participou de oficinas com diversos pesquisadores e/ou grupos de teatro, como CARMEN Group (PR), Téspis Cia de Teatro (SC), Flávio Rabelo (MG), Glaucia Vanderveld (MG), Brecha Coletivo (RJ), Grupo XIX de Teatro (SP), LUME Teatro (SP), entre outros.

ENTRE-TEATROPERFORMATIVO
Em 2018 o Grupo K – Teatro passou por uma profunda reestruturação na base do trabalho desenvolvido até aquele momento. Novas perguntas que norteiam o trabalho artístico surgiram e muito debate sobre o futuro do Grupo e das pessoas envolvidas se estenderam durante todo o ano. No início de 2019, após 14 anos de história, o nome Grupo K – Teatro foi alterado para ENTRE-teatroperformativo, como proposta de trabalho e pesquisa artística com base no lugar existente ENTRE os campos das Artes Cênicas e das Artes Performativas, com foco nas possibilidades corporais / [cor]possibilidades.


Nane Pereira
Jornalista | Santa Catarina