Hospital de Olhos Sadalla completa 79 anos com intervenções culturais

Hospital de Olhos Sadalla completa 79 anos com intervenções culturais

15 de junho de 2021 Off Por Redação

 

 

Por conta da pandemia nosso sorriso foi tapado e nossos olhos ganharam destaque. Neste ano, para celebrar seus 79 anos, o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem, empresa do Grupo Opty, organizou uma comemoração diferente. No dia 10 de junho, pacientes e colaboradores foram surpreendidos com intervenções de dança, música e arte nos corredores do Hospital. Entre as ações, os Irmãos Feitosa, foram convidados para criar uma arte exclusiva para estampar a campanha de aniversário, seguindo a temática: cultura para seus olhos.

“O aniversário do Sadalla sempre é uma data muito especial em nosso calendário de ações e neste ano não poderia ser diferente. Nossos olhos hoje, mais do que nunca, tornaram-se uma ferramenta primodial para enxergarmos o melhor da vida e por este motivo escolhemos intervenções que promovem experiências sensoriais através da cultura para expressarmos essa ideia. Experiências estas que podem ser vistas, escutadas e que acalentam nossos corações e mentes num momento tão atípico que estamos vivendo”, comenta Sâmela Franco, supervisora de marketing do hospital.

Sobre o Hospital 

Com uma trajetória marcada pela ética, pelo envolvimento com a comunidade, espírito científico e permanente busca da excelência no tratamento da saúde ocular da população, o Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem completa 79 anos de história como referência em Oftalmologia. Fundada em 1942, a Instituição possui um espaço físico com mais de 10 mil metros quadrados, divididos em quatro andares, para proporcionar o melhor atendimento à população.

Atualmente circulam pelo hospital mais de 20 mil pessoas por mês. O hospital conta com 200 profissionais e 38 médicos especialistas. De acordo com a diretora, Milena Vitório Alves, o segredo de tantos anos de sucesso se dá pelo investimento em tecnologia, pela qualificação de sua equipe médica e pela excelência do atendimento.


Mariana Woj – Jornalista