Samae e Defesa Civil de Timbó alertam comunidade sobre risco de falta d’água

Samae e Defesa Civil de Timbó alertam comunidade sobre risco de falta d’água

25 de maio de 2020 Off Por Redação

Um dos nossos mais belos cartões postais está bem diferente do que costumamos ver. Na Ponte da Thapyoka, o rio Benedito já mostra os efeitos da falta de chuva aqui na região, e a previsão é que esse tempo seco permaneça por mais algumas semanas.

Se esse cenário realmente se manter, a médio prazo poderá não haver mais vazão para captação de água, sendo necessária a implantação de sistemas alternativos e racionamento no município.

Diante da previsão do agravamento da estiagem tanto o Samae, quanto a Defesa Civil, alertam à comunidade para que economizem o máximo de água possível. Muitas denúncias sobre desperdício de água têm chego através dos nossos canais oficiais de comunicação e, por isso, orientamos, desde já, que se evite a todo custo:

  • lavar calçadas (no momento, prefira varrer esse espaço);
  • lavar carros;
  • tomar banhos demorados (a média recomendada é de, no máximo, 5 minutos por pessoa);
  • deixar a torneira aberta enquanto lava louça ou escova os dentes;
  • lavar roupa todo dia. Por hora, recomenda-se lavar as roupas somente quando houver maior quantidade e for mesmo necessário, podendo ainda reutilizar a água da máquina para limpeza doméstica;
  • regar plantas com mangueira (use o regador ou um copo que contenha apenas o necessário para molhar aquela planta ou canteiro).

 “Nesse momento é preciso pensar de forma coletiva, visto que as consequências da estiagem serão enfrentadas por todos. Chamamos os timboenses para que façam sua parte nesse momento crítico, buscando evitar que nossa comunidade sofra com a falta de água”, destaca o presidente do Samae Timbó, Waldir Girardi.

Assessora: Aline Brehmer
Foto: R2 Imagens