Vienna Lager com blend de cafés especiais e maltes é lançamento da Cerveja Blumenau para o Dia dos Pais

Vienna Lager com blend de cafés especiais e maltes é lançamento da Cerveja Blumenau para o Dia dos Pais

14 de julho de 2020 Off Por Redação

Parceria da marca com a Blumenau Coffee Roasters e a Gourmet Malz deu origem a uma receita comemorativa

O sabor das lembranças do cervejeiro da Cerveja Blumenau, Marcos Guerra, com o pai têm aroma de café. O compartilhamento da bebida pela manhã também é um hábito que ele cultiva com os filhos. Foi daí a inspiração para um rótulo especial e comemorativo da marca para o Dia dos Pais: uma Vienna Lager com café produzida a partir de um blend de cafés especiais da microtorrefação Blumenau Coffee Roasters e maltes da Gourmet Malz. O lote é limitado a cinco mil garrafas.

De acordo com Guerra, assim como os últimos lançamentos sazonais da marca, a ideia é fazer parte destes momentos, gerando lembranças do compartilhamento de cervejas. “O propósito da Cerveja Blumenau é transformar a forma como as pessoas apreciam a bebida. No caso do Dia dos Pais, buscamos sabores que, além de terem o padrão de qualidade da marca e trazerem uma experiência sensorial única, também despertassem emoção. Foi aí que chegamos na ideia de trazer o café”, comenta.

A escolha pelos parceiros da receita também levou em consideração os aspectos de qualidade esperados para a cerveja. “A Gourmet Malz é uma maltaria que respeitamos muito. Essa receita leva apenas maltes deles com uma qualidade que já é e será cada vez mais reconhecida no cenário nacional. Já a Blumenau Coffee Roasters conta com o conhecimento do Douglas Merlo, que já é sommelier da casa, e tem uma experiência única no país na junção de características das duas bebidas”, diz.

Na aparência, a cerveja tem uma cor ouro envelhecido. No aroma, traz notas de café recém torrado, biscoito e panificação. No paladar é leve e aveludada. O teor alcoólico é de 4,5% e o teor de amargor de 18 IBUs (a unidade de medida vai de 0 a 120). A sugestão é que ela seja servida entre 4°C e 6°C.

Sobre os cafés utilizados

Os cafés utilizados na receita tem origem em duas fazendas na região da alta mogiana mineira, reconhecida mundialmente pela produção de grãos de qualidade. A torra de ambos foi desenvolvida especialmente para a produção dessa receita, que leva as variedades Blumenau Coffee Roasters Caramelado e Frutado. O primeiro, com uma torra média-alta, para elevar as sensações adocicadas, e o segundo com uma torra nórdica, um método escandinavo moderno que exalta nuances cítricos e a acidez do café . Douglas explica que o café foi adicionado à receita com uma técnica de percolação de grãos inteiros à frio. “Desta forma, garantimos uma extração de aromas e sabores única”, explica.

Sobre a Cerveja Blumenau

Lançada em 2015, a Cerveja Blumenau leva o nome e a tradição da Capital Brasileira da Cerveja. Da cidade também vêm a inspiração para os nomes dos rótulos, reconhecidos em todo o país. Em cinco anos, a marca soma mais de 20 premiações nacionais e internacionais para os seus rótulos, além de reconhecimentos institucionais como o Top de Marketing da ADVB/SC e o prêmio de Cervejaria do Ano na América do Sul pelo International Beer Challenge em 2016.

Atualmente conta com 20 produtos em linha, além de produtos sazonais e especiais. Entre os mais conhecidos estão a Capivara Little IPA, a Frida Blonde Ale e a Macuca Imperial Stout. Mais informações estão nas redes sociais da marca: @cervejablumenau.

Crédito: Diego Carvalho/Divulgação


Marina Melz