Coluna da Vitória homenageia Expedicionários do Vale do Itajaí

Coluna da Vitória homenageia Expedicionários do Vale do Itajaí

28 de abril de 2021 Off Por Redação

 

 

Há 76 anos, a fundamental participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) encerrou o maior conflito da história, a II Guerra Mundial (1939–1945). A data de 8 de maio foi então escolhida como o Dia da Vitória dos aliados contra o nazifascismo na Europa.

Em homenagem aos heróis Expedicionários do Vale do Itajaí, que combateram e venceram na Itália, no dia 8 de maio, sábado, será realizada a “Coluna da Vitória”, um comboio com mais de 40 viaturas, reunindo veículos de colecionadores, como jipes, caminhões, caminhonetes e motocicletas utilizadas pela FEB integrada ao 5º Exército Americano.

Os veículos desfilarão pelas ruas de Blumenau, Pomerode, Rio dos Cedros, Benedito Novo, Timbó e Indaial. Serão 140 km de deslocamento pelos municípios do Vale.

“Há 76 anos, muitos Expedicionários de origem açoriana, ítalos e teuto-brasileiros do Vale do Itajaí eram apenas jovens que, com bravura, combateram em nome da liberdade e da democracia e escreveram seu nome na história”, destaca Sérgio Campregher, da Associação dos Veteranos do 23º Batalhão de Infantaria de Blumenau.

Sobre o trajeto

As homenagens iniciam às 10h, em Blumenau. As viaturas irão se reunir no 23º Batalhão de Infantaria para depois se descolarem, juntas, em comboio direto à Praça Mascarenhas de Moraes (Fonte Luminosa), onde haverá solenidade no Monumento aos Expedicionários e no Busto que homenageia o Comandante da Força Expedicionária Brasileira, Marechal Mascarenhas de Moraes.

Na sequência a viagem terá paradas nas praças que homenageiam os Heróis Expedicionários em Pomerode, Rio dos Cedros e Indaial (a Praça do Expedicionário em Timbó passa por reformas). Também haverá homenagem ao expedicionário Walter Paganelli, em Benedito Novo.

Em Indaial a passagem do comboio está prevista para ocorrer por volta das 13h, pela rua Maria Simão até a rua Engenheiro Emílio Odebrecht, nº 738, no bairro Nações, próximo à Rodoviária, onde está localizado o Monumento da FEB. A homenagem no local prevê colocação de flores e leitura de texto com nomes dos heróis do Vale. “Como não é possível aglomeração na praça, convidamos o público a prestigiar a passagem do comboio pelo trajeto”, diz Sérgio.

Sobre a Força Expedicionária Brasileira

Em agosto de 1942 foi realizado no campo do Olímpico, em Blumenau, uma grande manifestação a favor do Brasil entrar na guerra. O Exército Brasileiro organizou então a Força Expedicionária Brasileira e o primeiro contingente de soldados brasileiros desembarcou na Itália em 2 julho de 1944. Do Vale do Itajaí, 538 homens cerraram fileiras na FEB.

Na primavera europeia de 1945, o Marechal britânico Harald Alexander dirigiu o general Mark W. Clark, enquanto as forças aliadas lançavam suas ofensivas finais no teatro de operações na Itália. No fim de abril de 1945, as forças do eixo na Itália foram destruídas pelas Forças Aliadas. A Força Expedicionária Brasileira era integrada ao 5º Corpo do Exército norte-americano, sob o comando do general Willis D. Crittenberger, esse por sua vez adscrito ao 5º Exército dos Estados Unidos, comandado pelo general Mark W. Clark.


Graciely Guesser Ramos
Jornalista
Coordenadoria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Indaial