Novo modelo de ensino promete oferecer uma jornada completa aos estudantes

Novo modelo de ensino promete oferecer uma jornada completa aos estudantes

8 de outubro de 2020 Off Por Redação

 

 

O novo modelo, oferecido pela rede integrada SESI e SENAI, terá uma única escola para toda a formação básica do estudante, do infantil ao médio

O novo modelo de ensino, chamado de Escola S, foi apresentado pela Fiesc recentemente. Em Blumenau, as matrículas já estão abertas, e podem ser feitas pelo site ou de forma presencial. Além disso, a instituição está fazendo atendimentos agendados com os pais que possuem dúvidas, tanto por tanto hangout, como presencial, para conhecerem melhor a escola.

Criado com o objetivo de oferecer uma única escola para toda a formação básica do estudante, a rede integrada SESI e SENAI prioriza o ensino da ciência, tecnologia, engenharia, arte e matemática, a chamada metodologia STEAM. A proposta é oferecer ao estudante uma jornada de ensino completa, do infantil ao médio, que será implantada gradualmente nas unidades do SESI e do SENAI.

Integração
Em 2018, a FIESC integrou a gestão educacional das instituições SESI e SENAI, dando início ao projeto de integração total do ensino aos estudantes, integrando os serviços educacionais da FIESC numa proposta única.

Diferenciais da Escola S
Este modelo, alinhado à nova Lei do Ensino Médio, propõe uma alternativa flexível ao integrar a educação básica à itinerários de formação profissional ou aprofundamento, num único turno escolar, promovendo uma formação integral e a sintonia entre os conhecimentos produzidos e o mundo do trabalho.

No 1º ano do Ensino Médio, o estudante participa do módulo Iniciação ao Mundo do Trabalho, cujo objetivo é promover o autoconhecimento, apresentar as alternativas para a escolha da profissão e o primeiro desenho de um projeto de vida e carreira. Além disso, no contraturno escolar, o estudante participa de programas estruturados que estimulam o aprofundamento em tecnologias, raciocínio lógico-matemático, letramento científico, bem como, estimulam o protagonismo e empreendedorismo, por meio de clubes, oficinas e/ou laboratórios.

O estudante poderá optar por até oito horas semanais de atividades extra-curriculares, por semestre.

Futuro
De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), as próximas décadas serão marcadas por um ensino que leve em conta a aprendizagem autônoma e participativa, a partir de problemas e situações reais. É aí que entram recursos como a gamificação, a sala de aula invertida e o estudo baseado em projetos e contextualizado.

“Nós estamos constantemente em busca de um ensino que tenha significado para o aluno, em que ele seja estimulado para um futuro mais inovador e empreendedor, e que ele faça isso de forma própria, sendo o seu próprio autogestor neste caminho”, ressalta o Gerente Executivo SESI SENAI para o Vale do Itajaí, Daniel Thiesen Horongoso.

Para saber mais sobre a Escola S, entre em contato pelo número 3322-7878  ou, de forma presencial, no endereço: Rua São Paulo, 1.147 – Victor Konder.

 


Letiele Paycorich – Jornalista
Presse Comunicação